Notícias Placares ao vivo
Ligue 1

López ofusca Pepe e Draxler - o Índice de Performance da Ligue 1

07:00 BRST 15/01/2019
Maxime Lopez Marseille Ligue 1
O baixinho deixou sua marca pelo Olympique e foi o destaque no Le Championnat neste último final de semana

O Olympique de Marselha pode até ter terminado a rodada frustrado, deixando dois pontos importantes no empate em 1 a 1 contra o Monaco. Mas o time de Rudi Garcia, ao menos, terminou o final de semana com 'O' grande jogador da Ligue 1.

Maxime López, o jovem meiocampista dos Olimpianos, chamou a atenção ao abrir o marcador com um um chute rasteiro que acertou o canto das redes, finalizando com uma atuação completa que se refletiu na pontuação de 97.8 que ele registrou no Índice de Performance Opta.

O Índice elenca a performance de cada jogador da Ligue 1 em uma pontuação de até 100 em cada partida, e coube ao francês de 21 anos ficar com a primeira colocação na 20ª rodada.

Ele tocou na bola 105 vezes ao longo do clássico de domingo, e foi o ponto central do meio de campo do Olympique que enfrentava um 'novo' Monaco, revigorado desde suas atuações anteriores do Natal.

Em segundo lugar vem o já familiar Nicolas Pepe, mais uma vez o grande destaque do Lille, de volta ao caminho das vitórias graças aos 3 a 1 aplicados diante do Caen. Ele terminou com o escore de 95.0.

O atacante de 23 anos confirmou o grande momento e dá mostras de não diminuir o ritmo, com ótima movimentação, velocidade e faro apurado para o gol que tirou o zero do placar aos oito minutos do Stade Michel-d'Ornano, na noite da última sexta. Seu destaque não ficou por aí, já que ele ainda serviria Rafael Leão para o segundo gol antes de dar a assistência para Luiz Araújo nos acréscimos, ajudando o companheiro a subir à oitava colocação no Índice dessa semana.

Pepe, enquanto isso, garantiu sua permanência em Lille pelo menos até o final da temporada, uma grande notícia para o time que busca ficar com uma das vagas na próxima Champions League.

O Paris Saint-Germain fechou o top 3 com o meia Julian Draxler. O alemão foi colocado como um meia central nesta rodada, e teve uma atuação de luxo nos 3 a 0 sobre o Amiens, quando todos os gols vieram no segundo tempo.

Draxler somou uma assistência para o gol de Marquinhos, o terceiro do time de Thomas Tuchel, cada vez mais líder na França mesmo com a ausência de Neymar, que ficou tratando de um pequeno desconforto no joelho.

O Top 10 ficou sem a presença de Kylian Mbappé, mesmo dando sequência à sua incrível forma goleadora no Stade de la Licorne, onde marcou o segundo gol de seu time - e seu 14º tento nessa Ligue 1, já superando os 13 marcados ao longo de toda a temporada passada. Sempre presente em campo, ele terminou a jornada com 88.9 pontos no nosso Índice.

Dois jogadores do Strasbourg também entraram no ranking dessa semana graças aos 3 a 1 aplicados fora de casa diante do Toulouse. O meia Ibrahima Sissoko fez sua parte nessa grande apresentação, marcando de cabeça o último gol do duelo após uma cobrança de escanteio. Ele terminou em quarto no ranking, logo à frente de Ludovic Ajorque, que abriu o marcador e terminou em nono.

O Rennes, um dos melhores times da liga desde o início de dezembro, quando Nicolas Stephan assumiu o comando, e chegou à sua quarta vitória na sequência diante do Nantes, fora de casa. Damien Da Silva marcou o único gol da partida no primeiro tempo, e complementou a atuação com muita segurança na defesa para terminar em quinto na lista.

Pablo Chavarría voltou aos gramados após um longo período parado por uma lesão, e deixou uma ótima impressão no empate em 1 a 1 contra o Lyon. O atacante argentino chegou ao terceiro gol na temporada, e terminou em sexto no ranking.

Fechando o top 10 está Wahbi Khazri, que ajudou o Saint-Etienne a superar o Guingamp pelo placar mínimo no último sábado: sua cobrança de falta logo no início do duelo foi a diferença para os dois adversários, e, de quebra, ele chegou a dez gols nessa Ligue 1, mais do que ele já havia somado profissionalmente por qualquer outra equipe.