Errou, Klopp! Substituição contra o Bournemouth custou dois pontos ao Liverpool

Comentários()
Getty Images
O treinador alemão sacou Philippe Coutinho, que estava passando mal, e ajudou os adversários a se reerguerem no confronto

Philippe Coutinho fez gol, passou a ser [ao lado de Juninho Paulista] o brasileiro que mais vezes balançou as redes na Premier League. Mas, na verdade, o camisa 10 do Liverpool não estava se sentindo bem na partida disputada quarta-feira (05), contra o Bournemouth. Jurgen Klopp sacou o seu melhor jogador no segundo tempo, e no finalzinho viu os Reds vacilarem mais uma vez quando os visitantes empataram em 2 a 2.

Ao sacar Philippe Coutinho, no minuto 65, Klopp colocou em campo o zagueiro Joel Matip. Era um momento mais favorável para o Liverpool, que minutos antes havia virado a partida para 2 a 1 graças à cabeçada de Origi.

“Pensamos, apenas, que fazia sentido colocar mais um jogador de defesa para proteger no meio”, disse Klopp após o apito final. “Geralmente nós somos muito corajosos em situações assim, quando realmente vamos atrás da vitória. E foi exatamente o que fizemos, somente tentamos ganhar”.

Coutinho Liverpool 2017Coutinho chegou a vomitar no jogo contra o Bournemouth (Foto: Getty Images)

Na tentativa de vencer, o Liverpool fez exatamente o que não vem conseguindo: se defender, colocar ênfase no jogo defensivo. Apesar dos desfalques de Sadio Mané e Adam Lallana, os Reds jogavam melhor. Mas quando Matip entrou, a cara do encontro mudou: o Bournemouth se sentiu convidado ao ataque e empatou aos 87 minutos, com Joshua King.


VEJA TAMBÉM:
Treinadores 'brigam' por Alexis | Guardiola desiste de título | Que vacilo, L'pool!!


“Acho que o jogo mudou quando eles decidiram se defender”, explicou o técnico do Bournemouth, Eddie Howe, em sua entrevista coletiva. “Nós crescemos no jogo e isso nos deu confiança. Eu estava pensando, toda hora, que poderíamos colocar pressão neles, aí poderíamos ter a chance que precisávamos e acabou sendo assim no final”.

HD Bournemouth celebrate v Liverpool(Foto: Getty Images)

Defender não é o problema. Não se você tem jogadores capazes para tal, mas a mudança de Klopp trouxe à tona o pior do Liverpool e o melhor do adversário. Mas o que o técnico alemão poderia fazer, já que Daniel Sturridge ainda não está nas melhores condições para disputar 25 minutos em grande intensidade? Outra boa opção, Marko Grujic não chutava uma bola desde o final de novembro... seria uma aposta difícil.

Só que Jurgen Klopp também tinha o jovem Trent Alexander-Arnold, que fez excelente partida contra o Everton, e Ben Woodburn, que já havia substituído Coutinho em partida contra o Burnley. Outras opções? Jogar James Milner para uma posição mais avançada, com Alberto Moreno saindo para ocupar a lateral-esquerda ou Nathaniel Clyne trocar de lado com Alexander-Arnold.

Antes da placa de substituição subir, o Bournemouth estava morto em campo. Mas a substituição de Klopp não deu certo, e o Liverpool segue vacilando nos momentos capitais. Para assegurar a vaga para a próxima Champions League, será preciso melhorar.

Fechar