Liverpool acaba com ‘zica’ sem vitórias em Anfield e Salah mostra alívio: “finalmente!”

No limite do tempo, time comandado por Jurgen Klopp bateu o Aston Villa por 2 a 1 e ainda sonha com vaga no Top 4 da Premier League

Se o mundo não tem sido como nos acostumamos desde a pandemia de Covid-19 e suas consequências, como os estádios de futebol vazios, o estádio de Anfield também não tem tido o peso que sempre teve para o Liverpool – que, também por várias contusões de jogadores importantes, faz uma temporada abaixo do que se esperava. Em jogos de Premier League, os Reds estavam há oito partidas sem vitórias em sua casa, o maior jejum da história do clube. Mas, contra o Aston Villa e no último minuto, esta sequência negativa chegou ao fim.

O time treinado por Jurgen Klopp saiu atrás no placar, em mais um lance desta temporada que mostra suas deficiências defensivas, e voltou a encontrar dificuldades. Roberto Firmino chegou a ter um gol anulado por um impedimento milimétrico, mas foi somente no segundo tempo, com Mohamed Salah (grande destaque dos Reds na partida) que os donos da casa igualaram. O roteiro, contudo, parecia seguir o rumo das oito partidas anteriores em Anfield... até que, no último lance, Alexander-Arnold, em chute da entrada da área, balançou as redes do Aston Villa para cravar a vitória.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Em conversa com a Sky, Salah – que chegou a 28 gols considerando todas as competições, o seu melhor número desde a sua primeira temporada com o Liverpool – demonstrou alívio pelo reencontro com a vitória e o que ela pode significar para este fim de temporada dos Reds, que lutam para garantirem uma vaga na próxima edição da Champions League.

“Finalmente! Foi um grande jogo, muito difícil, mas nós ganhamos e isso foi o mais importante”, avaliou o egípcio. “Nós perdemos algumas partidas aqui e, mentalmente, a gente ficou tipo ‘ah, de novo não’, mas conseguimos fazer um bom trabalho no segundo tempo. É difícil ficar alguns jogos sem vencer aqui em Anfield”.

A vitória mantém o Liverpool na briga pela quarta posição, que garante a última vaga para a próxima Champions League – importante, dentre outras coisas, pelo dinheiro de direitos de transmissão. Mas apesar de estar voltando a viver um bom momento na Inglaterra, depois de o próprio técnico Jurgen Klopp ter “jogado a toalha” até para as chances de vaga na Champions, Salah prefere manter os pés no chão em relação a este objetivo.

“É muito importante vencer. Acho que tem só uns sete jogos restando? Então é realmente importante. Nós queremos jogar a Champions League no próximo ano, mas só precisamos focar em um jogo de cada vez e ganhar todos eles. E aí, tomara, poderemos terminar na quarta posição”.

O jogo também foi importante para dar confiança ao time – e ao lateral Alexander-Arnold – depois da péssima exibição na derrota por 3 a 1 para o Real Madrid, no duelo de ida das quartas de final da Champions League. O próximo jogo dos Reds será na quarta-feira (14), pela competição europeia, justamente em Anfield e justamente contra o Real Madrid.

Fechar