Lingard, De Gea e um domingo de heróis para os renegados do Manchester United

Última atualização
Getty/Goal

Manchester United e West Ham protagonizaram, na manhã deste domingo (19), mais um grande jogo da Premier League. O time de Cristiano Ronaldo venceu por 2 a 1 na casa do adversário e o que não faltou foi emoção, principalmente no final da partida. No ritmo dos humilhados serão exaltados, Lingard e De Gea garantiram os três pontos a equipe de Ole Gunnar Solskjaer. 

Em campo, United mostrou uma "fome" que retrata bem o que é ter Cristiano Ronaldo no time, mas começou a partida atrás no placar. Aos 29 do primeiro tempo, Benrahma recebeu de Bowen e finalizou, a bola desviou em Varane e entrou nas redes de De Gea.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Três minutos depois, no entanto, Cristiano Ronaldo recebeu de Bruno Fernandes e colocou a bola para dentro. Ainda teve checagem do VAR, mas o gol de CR7 foi legal. Na segunda etapa, o jogo seguiu bem aberto e aos 43 do segundo tempo, Lingard recebeu a bola dentro da área, limpou dois marcadores e colocou no ângulo, sem chances para Fabianski. 

Mais do que os três pontos, o gol de Lingard também dá moral para o jogador, que foi muito criticado no meio de semana, na derrota do United para o Young Boys, na Champions League. O gol da vitória do time suíço saiu depois de um passe errado do camisa 14. Na ocasião, ele recuou a bola de forma estranha para De Gea, Jordan Siebatcheuse antecipou e sacramentou o triunfo dos donos da casa. 

Após a partida, Lingard recebeu duras críticas assim como o treinador Solskjaer, que havia substituído Cristiano Ronaldo. O gol de hoje ainda serviu para reafirmar a tese da "lei do ex", já que o camisa 14 é ex-jogador do West Ham. 

Além de Lingard, De Gea, que volta e meia é criticado pela torcida, teve seu momento herói e foi muito festejado ao final da partida. Aos 49 do segundo tempo, o goleiro salvou os três pontos pegando um pênalti de Noble, que havia entrando em campo apenas para cobrar a penalidade. 

Com a vitória o United chega aos 13 pontos na tabela da Premier League e assume a vice-liderança. O time de Solskjaer tem os mesmos pontos do líder Liverpool, que leva vantagem no saldo de gols.