Liberado por Wenger, Alexis Sánchez não viaja com o Arsenal e deve ser negociado com o Manchester City

Comentários()
Getty Images
Atacante chileno foi liberado pelo treinador e não viajou para enfrentar o Bournemouth pela Premier League

Alexis Sánchez está cada vez mais próximo de ser anunciado como novo reforço do Manchester City. Neste domingo (14), o atacante foi liberado pelo técnico do Arsenal, Arsène Wenger, e sequer viajou com a delegação dos Gunners para enfrentar o Bournemouth, fora de casa, às 11h30 (de Brasília), pela Premier League.

Segundo a imprensa inglesa, os Sky Blues devem pagar entre 20 e 25 milhões de libras pelo chileno, que receberá um salário de 290 milhões de libras por semana. No entanto, o Manchester United também surgiu como interessado em Sánchez nas últimas horas, oferecendo valores maiores ao jogador e ao Arsenal, e tentam dar o chapéu no rival.

Ao que tudo indica, porém, o jogador vai mesmo para o Manchester City, e o negócio pode ser fechado e anunciado em breve. Wenger, inclusive, dá a saída do atleta como praticamente certa.

"A situação não está totalmente decidida, mas preferi deixá-lo em casa. A resolução, porém, é iminente. No entanto, não leiam muito, porque eu mesmo não sei o que vai acontecer", afirmou.

Fechar