Lesão de Rodrygo complica o Real Madrid: um mês de resultados ruins na Espanha

RODRYGO REAL MADRID INTER 03112020
Getty
O atleta vinha tendo um ótimo desempenho na temporada, sendo o segundo jogador que mais participou de gols em 2020-21, e sua ausência vem sendo notada

Tendo recém-completado 20 anos, Rodrygo já vai fazendo a diferença em sua segunda temporada pelo Real Madrid. Criticado no ano passado e ficando perto de ser emprestado, o atleta cresceu muito e seria hoje uma das principais peças do time comandado por Zinedine Zidane - melhorou tanto que, agora, sua ausência é que vem sendo notada.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Durante a partida contra o Granada, no dia 23 de dezembro, o brasileiro sentiu dores musculares após dar um pique no primeiro tempo e saiu chorando de campo. Exames constataram, então, que o atleta sofreu uma lesão no bíceps femoral e ficará de fora por mais dois meses - só deve voltar no final de março.

Desde o confronto, porém, o Real Madrid só venceu uma partida. Exatamente um mês após a lesão de Rodrygo, o time mostra que vem sentindo falta do talento do jovem, do alto de seus 20 anos - e ele só tinha 19 no momento da lesão.

Rodrygo Real Madrid Granada LaLiga

Foram cinco jogos e apenas uma vitória para os merengues, contra o Celta de Vigo, por 2 a 0, com gols de Lucas Vázquez e Asensio. Além disso, o time empatou mais duas vezes pela La Liga, diante de Elche e Osasuna, ambos fora de casa, e foi eliminado da Supercopa da Espanha para o Athletic Bilbao, eventual campeão, bem como da Copa do Rey para o Alcoyano, da terceira divisão, em vexame histórico.

Claro: não é possível afirmar com todas as letras que a situação seria diferente caso Rodrygo estivesse em campo. As estatísticas mostram, porém, que o Real teria grandes chances de, pelo menos, marcar mais gols com o brasileiro em campo.

Durante a sequência de jogos, o clube merengue marcou apenas cinco gols, um por partida, números insuficientes para uma campanha de sucesso. E o ex-santista vem sendo proeficiente justamente nisso: atrás apenas de Benzema, é o segundo jogador do Real Madrid que mais participou de gols na temporada, tendo balançado as redes uma vez e distribuído seis assistências.

Em média, o atleta participa de um gol a cada 97 minutos na atual temporada, além de também ser o segundo que mais cria oportunidades claras de gol no elenco, só estando uma chance atrás de Lucas Vázquez. Isso com o atleta espanhol já tendo jogado quase que três vezes mais em 2020-21 do que o brasileiro.

"Foi preciso perder, pra aprender a valorizar...", cantou o grupo de samba Os Morenos, na canção "Mina de Fé", sucesso dos anos 90. Mais de 20 anos depois, o trecho ilustra bem a atual situação de Rodrygo no Real Madrid. Bem com ele, (muito) pior sem ele.

O Real Madrid volta aos gramados neste sábado (23), às 17h (de Brasília), diante do Alavés, pela La Liga.

Fechar