Lesão de Neymar deixa técnico do PSG em alerta: "estou preocupado"

Comentários()
FRANCK FIFE/AFP/Getty
Thomas Tuchel confirma problema reincidente no pé direito do atacante, e Thiago Silva torce para que contusão não seja grave

Mesmo feliz com a classificação, o Paris Saint-Germain termina o dia preocupado com a situação do brasileiro Neymar, que lesionou o pé direito e teve de deixar a vitória sobre o Strasbourg nesta quarta (23) antes do apito final. Não só a torcida, como o técnico Thomas Tuchel e o zagueiro Thiago Silva desconhecem a extensão do problema que afligiu o jogador.

O treinador alemão preferiu esperar a manifestação do hospital ao qual o jogador foi encaminhado, embora não esconda a ansiedade da situação.

"Não, não falei com Neymar (após a partida) porque ele já estava no hospital. Sim, estou preocupado, é sempre algo complicado (este tipo de lesão)", disse aos microfones do canal Eurosport TV. "É o mesmo pé, e o mesmo metatarso (osso que ele lesionou no ano passado)."

Já seu compatriota torce para que o problema não seja algo mais grave.

"Neymar é um cara esperto, acho que ele pediu para sair antes que se machucasse de verdade. Vamos ver, os médicos vão nos dar alguma informação."

Exames preliminares apontam que a contusao, de fato, reativou a fissura no pé que o jogador sofreu no início do último ano, e que o tirou de ação no PSG até o término da temporada 2017/18. Neymar acabou se recuperando a tempo de disputar a Copa do Mundo da Rússia, embora a falta de ritmo de jogo tenha atrapalhado seu rendimento em campo.

Ainda sem saber se poderão contar com o atacante, os parisienses voltam a campo no próximo domingo (27) quando recebem o Rennes em casa em mais uma rodada da Ligue 1.

Fechar