"La Liga não vai aceitar o dinheiro do PSG caso Neymar saia", garante Tebas

Comentários()
Getty Images
Presidente da Liga de Futebol Profissional da Espanha ainda garante que o PSG será denunciado por infringir normas e leis

Neymar está próximo de deixar o Barcelona e assinar com o PSG. Nesta quarta-feira (2), o brasileiro foi ao CT catalão, mas não treinou, com permissão do técnico Ernesto Valverde, e deixou a Espanha rumo à Paris. O Barça confirmou o fato e revelou que em uma reunião nesta manhã, o atleta pediu para deixar os Blaugranas, mas garantiu que o camisa 11, apesar de liberado dos treinamentos, ainda é jogador do clube e só sairá após o pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros.

A Goal apurou que Neymar deve desembarcar na capital francesa ainda nesta noite ou, no máximo na manhã desta quinta (3), e em breve será anunciado pelo Paris Saint-Germain. Sua apresentação e coletiva de imprensa deve ocorrer um dia depois.


VEJA TAMBÉM:


O procurador de Neymar, Wagner Ribeiro, afirmou, no aeroporto em Barcelona, que "a multa rescisória será paga e ele (Neymar) será apresentado no PSG".

Diante da iminente saída do craque brasileiro, o presidente de La Liga, Javier Tebas, atacou o PSG, dizendo que a Liga de Futebol Profissional da Espanha não aceitará o dinheiro do clube francês e irá denunciar a equipe.

Javier Tebas La Liga(Foto: Roslan Rahman)

"Não aceitaremos esse dinheiro de um clube como o PSG, que está infringindo normas e leis. Seria sem sentido aceitar o dinheiro. Se o PSG chegar com o dinheiro da cláusula de Neymar, não aceitaremos. A denúncia está pronta e será apresentada à Uefa, à União Europeia e à Corte da Suíça", atacou o dirigente, em entrevista ao jornal espanhol AS.

"O PSG é um claro exemplo de doping financeiro. As contas do PSG mostram que o clube tem mais ingressos comerciais e valor de marca que Real Madrid e Manchester United, e sabemos que isso é algo impossível", completou.

Fechar