Kroos explica por que a Alemanha foi eliminada da Copa do Mundo

Comentários()
Getty Images
A equipe alemã foi eliminada do Mundial na Rússia pela Coreia do Sul, na última partida pelo Grupo F

banner Copa 2018

Quarta-feira, 27 de junho, um dia que ficará marcado para sempre na história da seleção da Alemanha. O time atual campeão do mundo foi eliminado ainda na fase de grupos da Copa do Mundo da Rússia, perdendo por 2 a 0 para a Coreia do Sul.

Na última partida dos alemães, contra a Suécia, teve um gol marcado por Toni Kroos nos acréscimos do segundo tempo, fechando o placar em 2 a 1 e deixando o vivo o sonho da equipe em avançar às oitavas de final.

Segundo o portal espanhol Mundo Deportivo, Kroos disse que voltará para casa “triste e com raiva” após a eliminação. Segundo o meio-campista, foi difícil aceitar a derrota para a Coreia do Sul como um fim.

Toni Kroos, Germany, World Cup, 17062018
(Foto: Getty Images)

“Tentamos fazer o nosso melhor, sempre fazendo o nosso futebol, mas não encontramos o caminho para o gol. Nos três jogos disputados (da fase de grupos) tivemos que correr atrás e isso dificulta as coisas. Estamos tristes e zangados, mas isso não ajuda em nada”, declarou o jogador na zona mista do estádio Kazan Arena.

A Alemanha teve um início um tanto inesperado na Copa do Mundo da Rússia. Estreou com uma derrota para o México, por 1 a 0, e a vitória sobre a Suécia foi totalmente agonizante, conseguindo superar o placar com um gol de falta à beira da área, nos acréscimos.

GFX_Grupo F_270618

Definitivamente, não é a Alemanha que todos estão acostumados a ver. E caso passasse para as oitavas como segundo colocado, talvez não seria um adversário de tamanha preocupação para o Brasil como foi em 2014.

Kroos definiu a partida como uma final, da qual os jogadores não se prepararam adequadamente. "A vitória no último jogo nos deu emoção e força para o próximo jogo, mas hoje foi uma final, e não consideramos isso. O primeiro tempo não foi bom, jogamos bem mas não tivemos a sensação de que era uma decisão, e que tínhamos que marcar gol”, acrescentou o jogador do Real Madrid.

“No segundo tempo melhoramos um pouco; no final, sabíamos que a Suécia tinha marcado, e que tínhamos que arriscar. Tivemos chances de gol, mas não conseguimos, isso foi um problema para nos neste torneio”, concluiu o jogador alemão.

Pelo grupo F, a Suécia se classificou em primeiro lugar, e o México em segundo, e irão enfrentar o segundo e primeiro colocados do grupo E, respectivamente, Suíça e Brasil.

Fechar