Klopp rebate críticas sobre falta de ambição no Liverpool: “Seja positivo”

Comentários()
Getty Images
O treinador dos Reds chegou a conquistar 10 pontos de vantagem do City, agora em 2º lugar disse que sua abordagem na busca do rival não mudará

Jurgen Klopp ressaltou que o Liverpool está confiante na busca do inédito título da Premier League. Em segundo lugar no Campeonato Inglês, o time soma um ponto a menos que o líder, Manchester City. Porém, a falta de gols pode se tornar um problema para o elenco que marcou apenas seis gols nos últimos sete jogos.

Em entrevista coletiva, o treinador dos Reds, que já somou 10 pontos de vantagem do City, mas agora vê o rival na ponta da tabela, ressaltou não ter a necessidade de mudar sua abordagem junto ao elenco. 

"O objetivo é vencer o jogo - não enlouquecer no jogo. A maneira como fizemos isso nos trouxe onde estamos e se alguém acha que agora deveríamos estar 10 pontos à frente do City, não posso ajudar essa pessoa”. 

Jurgen Klopp Liverpool
(Foto: Getty Images)

"Estamos tentando (pelo título) pela primeira vez e pela primeira vez não estamos numa situação ruim. Vamos fazer o que nos trouxe aqui, e mais intensidade se possível. Com uma atmosfera positiva ao nosso redor, vamos tentar e não ser essa florzinha fraca’, comentou. 

Mais artigos abaixo

Com nove rodadas para o término da Premier League, Klopp explicou o necessário para o Liverpool se manter na cola do rival na busca pelo troféu: “Estamos em uma posição que eu não acho que muita gente esperava com nove jogos para acabar o torneio. Vamos tentar de tudo. Seja positivo, seja vivo, esteja um pé à frente, seja uma ameaça real, use seu poder, todas as suas habilidades e então veremos”. 

A equipa de Klopp foi criticada pela imprensa inglesa devido à falta de ambição rumo ao gol, mas o treinador rebateu as críticas feitas ao elenco: “Somos bons em criar. Estamos criando muito mais do que na temporada passada. Nos últimos jogos não marcamos com tanta frequência, mas há 10 dias jogamos contra o Watford (5 a 0) e estávamos voando”. 

Fechar