Notícias Placares ao vivo
Liverpool

Klopp quer pontos, mas gols também podem ser vitais na conquista da Premier League

07:47 BRT 30/10/2018
Jurgen Klopp
Man. City voltou a assumir a liderança após vencer o Tottenham; saldo de gols deixa os Reds em segundo

Houve um tempo em que os clubes precisavam apenas acumular pontos. No entanto, o Manchester City vem provando que além da pontuação, as equipes precisam se preocupar com a diferença de gols.

Dividindo a liderança da Premier League com o Liverpool, o Manchester City voltou ao topo da tabela após vencer o Tottenham por 1 a 0, fora de casa. Com o mesmo número de pontos, o critério de desempate é justamente o saldo de gols.

Desta forma, Jurgen Klopp está passando a entender que, além da somatória na classificação, os tentos podem dar a liderança na competição.Com 16 gols marcados em 10 jogos disputados, os Reds assistem os Citizens no primeiro lugar por conta da diferença de gols. 

Com a goleada aplicacada na décima rodada sobre o Cardiff por 4 a 1, o Liverpool viu a diferença cair para oito pontos no saldo de gols. Mas ainda há muito trabalho pela frente.

Números de Liverpool e Man. City na PL 2018/19

Não muito tempo atrás, Klopp foi questionado sobre a postura de seu time contra os candidatos ao rebaixamento. Agora, ele demonstra certas preocupações sobre qual margem de vitória é o suficiente contra as equipes teoricamente mais fracas, dada a propensão do City a marcar cinco ou seis contra os mesmos adversários -  os Citizens venceram o Cardiff por 5 a 0 em setembro.

"Neste estágio, não faz sentido pensar em coisas assim. Temos que marcar na maior frequência possível. Claro, você quer mais e teremos jogos onde pontuamos mais se formos gananciosos. Agora, temos dois jogos seguidos em que pontuamos quatro e isso é muito especial. Não é provável que isso aconteça novamente na próxima semana, mas isso acontecerá de tempos em tempos se ficarmos em boa forma", disse.


Foto: Getty Images

"Nós perseguimos metas. Essa é a nossa natureza Eles querem marcar gols. Primeiro, temos que somar mais pontos", acrescentou.

Obviamente, esta é uma resposta lógica do gerente do Liverpool.

No entanto, com os quatro primeiros colocados na parte inferior, a contagem de gols pode se tornar um problema à medida que os meses passam.