Klopp exclusivo: "o bom de jogar contra o Barça é que você nunca é o favorito"

Comentários()
Getty Images
Treinador do Liverpool falou sobre Champions League, ascensão inglesa e Premier League

Jurgen Klopp está em seu melhor momento no comando do Liverpool. Treinador dos Reds desde 2015, o alemão vê sua equipe brigar rodada a rodada pela liderança da Premier League com o Manchester City e disputar a semifinal da Champions League. Nesta quarta-feira, na Espanha, o time inglês inicia sua luta contra o Barcelona por uma vaga na final mais desejada da Europa. 

O céu ou o inferno aguardam o Liverpool, mas nada tira a calma de Klopp. Em entrevista exclusiva ao DAZN, o treinador falou sobre o momento do futebol inglês e os desafios que vai encarar neste fim de temporada, em especial a semi contra o Barça.

A bola rola para Barcelona e Liverpool a partir das 16h no Camp Nou. Independente do que acontecer, o treinador dos Reds almeja manter a cabeça fria para terminar o ano com ao menos um troféu.

"A coisa boa de jogar contra o Barcelona é que você nunca é o favorito. É bem interessante pensar em como você vai se posicionar como um azarão, talvez fazendo coisas diferentes do que outros times", explicou o alemão. 

Jurgen Klopp Liverpool(Foto: Getty Images)

Veja o melhor da entrevista com Jurgen Klopp: 

Nova ordem na Europa
"O que ocorre é que alguns grandes clubes estão passando por mudanças no momento. Se você olha para o Real Madrid, por exemplo, que vendeu Cristiano Ronaldo no começo da temporada. É normal que algumas mudanças tenham efeito. O Bayern é outro time que está se reconstruindo e trazendo jovens jogadores. Será o mesmo com outros clubes nos próximos anos."

Ingleses indo longe na Europa
"Na Inglaterra, todos os quatro clubes que estão em semifinais (Liverpool, Chelsea, Tottenham e Arsenal) têm uma boa estrutura etária em seu elenco. Jogadores que estão com 20 e poucos anos, não muito velhos, mas também não tão novos. E não há dúvidas de que há grandes talentos na Premier League no momento. Mas isso não significa que vai ser assim todos os anos. Era bem previsível ver Arsenal e Chelsea longe na Europa League, desde que não se encontrassem muito cedo, e não acho muita surpresa ver dois ingleses nas semifinais da Champions League."

Duelo no Camp Nou
"Nunca joguei em Barcelona. É importante que algo assim aconteça, algo novo. Vamos ver o que acontece. A coisa boa de jogar contra o Barcelona é que você nunca é o favorito. É bem interessante pensar em como você vai se posicionar como um azarão, talvez fazendo coisas diferentes do que outros times. Vai ser um grande desafio e estou realmente empolgado com isso."

Concorrência com Manchester City
"Se o City vencer todos os seus jogos, só posso parabenizá-los. É bem simples. Terá sido uma temporada impressionante, uma campanha incrível. Tiveram um desempenho inacreditável em 2017/18 e praticamente repetiram os pontos. É loucura." 

Luta pela Premier League
"Tudo vai ser decidido na última rodada. Só quero vencer nossos jogos e ver o que acontece. O Manchester City visita o Brighton e a gente recebe os Wolves. Não tem jogo fácil. Brighton pode ainda estar lutando contra o rebaixamento e os Wolves já se provaram como um adversário bom e indigesto. Deve ser bem apertado."

Fechar