Kane vai desfalcar Tottenham por pelo menos um mês e meio e ficará de fora das oitavas da Champions

Comentários()
Getty
Atacante é um dos artilheiros da Premier League e tem 20 gols em 31 jogos nesta temporada

O Tottenham recebeu uma péssima notícia nesta terça-feira (15). O clube londrino confirmou que Harry Kane sofreu uma lesão nos ligamentos do tornozelo esquerdo na derrota por 1 a 0 para o Manchester United, neste fim de semana, pela Premier League, e ficará pelo menos um mês e meio sem atuar.

A expectativa é que o atacante volte a treinar apenas no início de março. A notícia é péssima para os Spurs e confirma que Kane perderá o duelo de ida das oitavas de final da Champions League, contra o Borussia Dortmund, em 13 de fevereiro, em Wembley, e, provavelmente, também o confronto de volta, na Alemanha, em 5 de março, uma vez que ele voltará a treinar apenas no início deste mês.

Principal goleador e craque dos Spurs, Kane é um dos artilheiros da Premier League, com 14 gols, ao lado de Salah e Aubameyang, e balançou as redes 20 vezes em 31 jogos por todas as competições nesta temporada.

O camisa 10 desfalcará o Tottenham nos jogos contra Fulham, Watford, Newcastle, Leicester, Burnley, Chelsea, Arsenal e talvez Southampton pela Premier League; Crystal Palace, pela FA Cup; nas semifinais da Copa da Liga Inglesa, contra o Chelsea; e no duelo de ida das oitavas de final da Champions League contra o Borussia Dortmund e, provavelmente, também no confronto de volta.

O cenário é péssimo e Kane desfalcará o Tottenham em jogos vitais e confrontos diretos na temporada. Além dos duelos das oitavas de final da UCL, os Spurs terão jogos contra Chelsea e Arsenal pela Premier Legaue e a semifinal da Copa da Liga Inglesa contra os Blues de Londres sem seu principal jogador. O time de Kane venceu o duelo de ida por 1 a 0. O embate de volta será disputado em Stamford Bridge.

O Tottenham é o atual terceiro colocado da Premier League, nove pontos atrás do líder Liverpool e apenas um na frente do quarto Chelsea e sete na frente do quinto Arsenal. Os quatro primeiros da competição garantem vaga na próxima UCL.

Fechar