Jorge e Arthur sonham com vaga na Copa da Rússia, mas gremista se mostra mais otimista

Comentários()
Pedro Martins / MoWA Press
Após o treino do Brasil na Granja Comary, o lateral Jorge e o meio-campista Arthur concederam entrevista

Novidades na convocação de Tite para a Seleção Brasileira, o lateral-esquerdo Jorge [Monaco] e o meio-campista Arthur [Grêmio] concederam entrevista coletiva na Granja Comary. Abaixo, confira os principais momentos da conversa com os jornalistas!

JORGE REVELA CONSELHOS DE TITE

Jorge Seleção Brasil 02 10 2017​(Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

Chamado após o corte de Filipe Luís, lesionado, Jorge falou de sua evolução desde ue deixou o Flamengo para defender o Monaco, da França: “Momento incrível na minha vida ser convocado para um jogo oficial. Mostra a confiança que o Tite tem em mim. Na conversa que tive com ele, foi curto e rápido. Vi o que ele pode me passar, disse que tenho um grande futebol, disse para eu entender bem a função de lateral”.


VEJA TAMBÉM:


"Ele disse que venho evoluindo muito, falamos muito sobre a linha de quatro. Disse também que com certeza serei um grande lateral (...) “Desde o Flamengo todos falam da minha personalidade. No Monaco não acreditam quando falam minha idade. Isso vem desde pequeno. Hoje o Tite elogia a minha personalidade. Acho que posso levar isso para a minha carreira e conquistar muitas coisas na minha vida. Quem sabe posso vestir essa camisa da Seleção por muito tempo".

"É um sonho. Já ouvi muito sobre a Seleção. Espero um dia estar nessa história da Seleção. Sei que é difícil. Mas ouço as pessoas mais experientes e sei da importância que é fazer história na Seleção".

Chances na lateral-esquerda

“Todos sabemos da qualidade do Marcelo e do Felipe Luis. O Alex Sandro também tem muita qualidade e força. Fico triste pela lesão deles. Mas também feliz pela oportunidade, que é fruto do meu trabalho, do dia a dia do Monaco. Posso sonhar com a Copa sim. Sei que é difícil na minha posição. Mas se não for na Copa, pode ser na outra”.

Está pronto para ser titular contra a Bolívia?

"Estou sempre pronto. Nunca joguei na altitude, dizem que é muito complicado. Mas se começar jogando, estarei pronto para ajudar a dar esses três pontos para a Seleção".

Chegada de helicoptero

"Foi a primeira vez que andei de helicóptero. O Jemerson estava ao meu lado suando frio. Estava também o Gabriel, Fernandinho e o Paulinho. O Jemerson ficou nervoso e pediu para parar. Foi engraçado. O sotaque dele já é engraçado. Mas o ambiente é bom, e a Seleção só tem a ganhar".

Parceria com Neymar e jogadores do PSG, rivais na França

"Me dá uma tranquilidade saber que estarei jogando ao lado do Neymar. Um dos melhores do mundo. Sabemos da força do PSG. Hoje estar aqui ao lado do Daniel Alves, do Marquinhos, do Neymar e do Thiago Silva é um sonho. Só tenho a aprender".

ARTHUR ACREDITA EM PRESENÇA NA COPA DO MUNDO

Arthur Seleção Brasil 02 10 2017(Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

Já o meio-campista Arthur, do Grêmio, falou sobre o sonho de disputar o Mundial de 2018, e o papel que pode desempenhar com a camisa canarinho.

"Espero ser mais um jovem que chega na Copa. O primeiro sonho já realizei: vestir a camisa da Seleção em jogos oficiais. Agora tenho que dar sequência. Caso contrário, sou jovem, tenho muito a aprender. Tenho a cabeça tranquila. Tite me ligou após a convocação, me deu os parabéns e pediu para eu manter a pegada".

"Já joguei em algumas funções no meio, ajudando a defesa, a parte ofensiva. Para mim não teve problema, foi sempre conversado. Com o Tite quero sempre acrescentar. Ele vai me passar confiança, vou escutar tudo o que ele falar. Quero aprender. Sobre a Copa, não está nada decidido. Se surgir uma brecha, espero estar na convocação".

"Fico feliz de ser comparado ao Jesus, um grande jogador que está com um pé na Copa. São muitos jogadores de qualidade no meio, a disputa é muito grande, mas vou procurar aproveitar da melhor maneira possível. Não sei se vou jogar, mas onde eu for útil vou dar meu melhor para agradar o professor".

"Cheirinho de Copa"

"Se fui convocado agora, perto da Copa, era para ser agora. Já dá para sentir o cheiro da Copa, faltam poucos meses. Se o Tite me convocou é porque acredita em mim e estou em seus planos. Tenho que aproveitar da melhor maneira possível e aprender bastante. Sei que a disputa é difícil, mas vou procurar meu espaço".

A mudança de características envolvendo os meio-campistas

"Futebol mudou bastante. Hoje temos o Casemiro que desarma muito e chega com qualidade no ataque. Na formação do Grêmio sempre falaram isso, marcar e saber jogar. Acho que tive essa oportunidade de estar em um grande clube com pessoas que me ajudaram bastante".

Mundial de Clubes ou de Seleção?

"Todo jogador sonha com um Mundial, seja no clube ou na Seleção. Estamos na semifinal com o Grêmio. Não sei qual seria mais fácil. Eu queria disputar os dois e vou me esforçar muito para isso".

Altitude da Bolívia

"Já estamos classificados e a concentração vai ser a mesma. Só joguei uma vez na altitude. Vai ser a principal dificuldade minha".

Fechar