"Jogar no Barça do Guardiola era melhor que sexo", diz Dani Alves

Última atualização
Comentários()
Lateral rasgou elogios ao atual treinador do Manchester City e disse o porque de não ter ido para a Inglaterra

Em entrevista à Sky Sports, Dani Alves exaltou o técnico Pep Guardiola, justificou a sua recusa ao Manchester City, e lembrou com carinho o seu tempo passado no Barcelona.

"Foi o melhor treinador que já trabalhei. É um gênio nos momentos chaves. Sabe como dizer aos seus jogadores exatamente o que devem fazer. Em muitas ocasiões, foi o treinador que nos ganhou partidas. Simplesmente tínhamos que seguir suas instruções", disse Alves definindo o jogo do Barcelona de Guardiola como "melhor que sexo".

"Estava tudo certo de eu ir para o Manchester City e não fui por uma decisão familiar. Falei com Pep e ele sabia da minha intenção em voltar a trabalhar com ele, sabe do meu apreço gigante que tenho a ele e ao seu staff", completou.

Jose Mourinho Manchester United 2018-19
Foto: Getty Images

Sempre sincero, o lateral ainda revelou que quase trabalhou com José Mourinho no Chelsea, antes de ir para o clube catação, e admitiu que sua relação com o português não é boa desde então.

"Eu gosto de trabalhar com pessoas competitivas. Estive próximo de trabalhar com ele (Mourinho), estive próximo de jogar no Chelsea, antes de ir para o Barcelona. Não fui por opção do clube. Eu estava certo que ia trabalhar com Mourinho, não sei se tive a informação diferente, que ele não me queria no time, porque desde então nossa relação não é muito boa. Mas foi minha culpa, eu estava convencido que ia trabalhar com ele", apontou.

 

Próximo artigo:
Ex-dirigente conta que Milan quis contratar Cristiano Ronaldo em 2017
Próximo artigo:
Real Madrid vai oferecer R$ 432 milhões por dupla da Premier League, afirma jornal
Próximo artigo:
Kante vai virar o jogador mais bem pago da história do Chelsea com novo contrato
Próximo artigo:
Segunda chance? Neymar ainda mais próximo do Barcelona
Próximo artigo:
Goleadas, vitórias em Copas e derrota frustrante: os confrontos entre Brasil e Camarões
Fechar