Jogadores da seleção sueca se oferecem para ajudar em protesto contra o racismo

Comentários()
Getty Images
Manifestação em apoio a Durmaz está programada para acontecer esta sexta-feira (29), em Estocolmo

banner Copa 2018

Milhares de suecos se organizaram para realizar nesta sexta-feira (29), em Estocolmo, uma manifestação em apoio ao jogador Jimmy Durmaz. O evento que já havia tido a confirmação de mais de 10 mil pessoas aconteceria na Praça Sergel, mas, segundo o jornal "Aftonbladet", a polícia cancelou o ato por motivos de segurança.

Os jogadores da seleção escandinava, que estão na Rússia disputando a Copa do Mundo, então, se ofereceram para pagar para que o evento ocorra em outro lugar.

Durmaz foi alvo de ataques nas redes sociais depois de cometer a falta que originou o gol da vitória da Alemanha por 2 a 1 na segunda rodada d fase de grupos do Mundial.  Em seu Instagram, o jogador, que é filho de turco e tem origem síria, postou o cartaz do evento.

A organização, então decidiu levar o protesto para o parque Kungsträdgården, porém, o valor cobrado para a utilização do espaço é de cerca de R$ 50 mil. Os jogadores se oferecerma a arcar com o valor, mas diante da movimentação e da causa, o governo de Estocolmo ofereceu Kungsträdgården gratuitamente.

Fechar