Jairo, ex-goleiro do Corinthians e Coritiba, morre aos 72 anos

Comentários()
Reprodução
Pantera Negra lutava contra um câncer nos rins e estava internado desde o dia 23 de janeiro

Morreu na manhã desta quarta-feira (6), o ex-goleiro Jairo Nacimento, de 72 anos, que foi ídolo de Corinthians e Coritiba. O Pantera Negra foi vítima de um raro câncer nos rins. Ainda não há informações sobre o velório e o enterro.

Jairo estava internado desde o dia 23 de janeiro. Por conta dos altos custos dos medicamentos que o ex-jogador vinha tomando (R$ 300 diariamente), a família chegou a lançar a campanha "Defenda o Jairo", que sensibilizou atletas e o próprio Corinthians, que passou a enviar os medicamentos para o tratamento.

Jairo é o recordista de minutos sem sofrer gols pelo Corinthians e pelo Coritiba. No Timão, fez parte da equipe campeão paulista de 1977. Em 1979, foi titular na conquista do estadual novamente sobre a Ponte Preta. Ao todo, disputou 190 jogos com a camisa alvinegra e sofreu 146 gols.

Pelo Coxa, Jairo é até hoje o goleiro que mais vezes vestiu a camisa do clube, com 410 partidas nas décadas de 1970 e 1980. No time paranaense, conquistou seis vezes o estadual, além do Torneio do Povo, em 1973, e o Brasileiro de 1985.

Além de Corinthians e Coritiba, Jairo também atuou pelo Náutico, Caxias-SC e Fluminense, além da Seleção Brasileira.

Fechar