Notícias Placares ao vivo
Brasil Sub 23

Ivan, o prodígio que chegou ao Brasil pré-olímpico mesmo fora da Série A

18:32 BRST 21/01/2020
Ivan goleiro Brasil sub-23 2020
Atuando pela Ponte Preta, goleiro de 1,92m já foi testado por Tite na seleção principal e mira próximo passo na carreira

Dentre os 23 convocados pelo técnico André Jardine para o Pré-Olímpico da Colômbia, apenas um atleta não tem vasta trajetória na primeira divisão do Brasil ou de outras grandes ligas do mundo. Titular da equipe, o goleiro Ivan chama a atenção por ser o 'outsider' em um grupo cada vez mais experimentado de jovens atletas nacionais.

Assista ao melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: clique aqui para testar o DAZN por um mês grátis!

Presença constante nas listas desde que Jardine assumiu o comando da equipe, Ivan surgiu para o futebol oficialmente no dia 11 de dezembro de 2016, participando dos minutos finais da última partida da Ponte Preta no Campeonato Brasileiro daquele ano. Curiosamente, os acréscimos daquele 2 a 0 contra o Coritiba foram, até hoje, seus únicos pela Série A.

A grande aparição de Ivan para o futebol, no entanto, se deu em janeiro de 2018. Diante do então campeão brasileiro Corinthians, na estreia do Campeonato Paulista, defendeu pênalti cobrado por Jadson e foi figura de uma vitória por 1 a 0 da Ponte sobre o Timão, no Pacaembu lotado.

Destacado também pelas várias interações com público e companheiros, bastante participativo até quando seu time não tinha a bola, Ivan conseguiu frustrar o começo de ano corintiano para dar seu cartão de visitas. Dali, não perdeu mais o posto de titular da Macaca.

Hoje um ídolo da equipe campineira, Ivan conseguiu se firmar como promessa para a posição devido aos 1,92m de altura, vistos por especialistas na posição como um "corta-caminho" em uma função que não costuma abrir espaço a nomes muito jovens. Em meio a testes de Tite, que quer achar um nome mais novo do que Cássio ou Weverton para 2022, chegou a ser convocado para a Seleção principal no ano passado.

O anúncio, aliás, também foi marcante: foi em um avião, durante o retorno de uma viagem com a Ponte Preta. "O goleiro Ivan Quaresma, da Ponte Preta, acabou de ser convocado para a Seleção Brasileira de Futebol", anunciou o comandante para o garoto, atônito, receber o carinho dos companheiros.

A boa média de 81 gols sofridos em 104 jogos disputados (0,77 gol por jogo) o colocou à frente, por exemplo, de Cleiton, outro prodígio da posição. Titular do Atlético-MG no segundo semestre de 2019, o jovem tem boas chances de defender o Red Bull Bragantino nesta temporada, mas não fez o bastante para tirar de Ivan a titularidade.

O pontepretano, aliás, já deixou claro que tem "50%" de chances de deixar a Macaca para esta temporada. Em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes de Campinas, admitiu ter negado propostas de clubes da Espanha e de Portugal, esperando lugares em que possa "se desenvolver" mais como goleiro.

Em outras palavras, espera um time mais promissor de um grande centro para sair da Ponte, onde sabe que jogará e seguirá em evidência. Sem saber se retorna a Campinas ao final da disputa do Pré-Olímpico, que continua nesta quarta-feira, contra o Uruguai, o prodígio tem contrato até abril de 2023 com a Macaca.