Copa do Mundo 2018: Inglaterra vive otimismo inédito e até imprensa local entra no embalo

Comentários()
©Getty Images
Seleção Inglesa sonha com a chance de se classificar, e chegar às quartas de final do Mundial da Rússia

Esqueça aquela Seleção campeão mundial de 1966 e embalada por Bobby Charlton e Bobby Moore. A Inglaterra é outra. Mais jovem e com um futebol vistoso, os comandados de Gareth Southgate sonham com a chance de chegar às quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Classificado com 26 pontos em 10 jogos e como líder invicto do Grupo F das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo, o English Team tem convencido em seus jogos. O bom futebol se manteve nos amistosos preparatórios para o torneio e a equipe da Terra da Rainha empolga até os mais céticos membros da imprensa local.

Jonathan Liew, ao escrever o World Cup Supplement, demonstrou bastante confiança sobre a campanha da equipe na competição.

"A Inglaterra está indo para a Rússia com uma bolha de otimismo que é familiar em torneios anteriores, mas há mais substância neste momento", escreveu em sua análise.

"Gareth Southgate parece saber o que é seu melhor time - ou a maioria dele. "Gareth Southgate parece saber qual é o seu melhor time - ou a maioria deles - que é algo que não dissemos sobre a maioria das equipes inglesas no passado", acrescentou.

Jordan Henderson England VAR Italy
(Foto: Getty Images)

O último título da Inglaterra foi em 1966, quando venceu a Alemanha em Wembley. Desde então, a equipe nacional tem encontrado dificuldades. A sua melhor participação foi ir às semifinais contra a Argentina em 1990. No Brasil, a equipe viveu um de seus piores momentos, ao ser eliminada na fase de grupos.

Com um ataque forte, liderado pelo letal Harry Kane, os Lions creem que é possível chegar no mínimo às quartas de final da Copa do Mundo. O centroavante do Tottenham ostenta o posto de maior artilheiro de 2017, quando fez 56 gols e superou craques como Lionel Messi, Cristiano Ronaldo, Edinson Cavani e Roberto Lewandowski.

O bom momento do jogador de 24 anos, aliado ao entrosamento com Dele Alli, seu companheiro no Spurs e também na Seleção Inglesa, é o que anima a torcida local.

John Cross, editor-chefe de esportes do Daily Mirror, crê que os comandados de Southgate devem confiar no camisa 9 no decorrer do torneio que acontece na Rússia.

2018-06-12-england01.jpg
(Foto: Getty Images)

"Esta tem que ser a Copa do Mundo de Harry Kane - e tudo parece encaminhado para ele. Ele está preparado para um torneio de tiro curto - fazer o que ele faz pelos Spurs. Se ele puder repetir essa forma na Copa do Mundo e se livrar desse nervosismo, então é uma coisa muito positiva. Eu gosto da maneira como Gareth Southgate tem uma fórmula definida em mente - ele não precisa mudar a forma, apenas pessoal", disse o jornalista.

Se os números são ótimos com as cores do Tottenham, na Seleção, ele também ostenta dados positivos. Em 24 jogos disputados, o centroavante marcou 13 gols.

Próximo artigo:
Barcelona cumpre cláusula contratual e mantém retorno de Paulinho para futebol chinês cercado de mistério
Próximo artigo:
Guilherme Arana manifesta desejo de retornar ao Corinthians
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
Cáceres confirma contato do Flamengo e escreve mensagem para os torcedores
Próximo artigo:
São Paulo aguarda liberações burocráticas para poder escalar Hernanes e Thiago Volpi
Fechar