Tévez massacra qualidade do futebol chinês em entrevista

Comentários()
captura
O craque argentino disputou apenas cinco partidas e fez um gol, e mostrou ceticismo em relação ao futuro

Paulinho e Renato Augusto são as duas maiores bandeiras que dão ao jogador de elite a certeza de que jogar na China não é algo ruim, tecnicamente. Afinal de contas, os meio-campistas são dois dos muitos destaques da Seleção Brasileira sob o comando do técnico Tite.

No entanto, Carlos Tévez apareceu como voz dissonante em relação ao futebol chinês. Se alguém duvidava que o atacante havia deixado o Boca Juniors apenas pelas montanhas de dinheiro do Shanghai Shenhua, o jogador de 33 anos confirmou o óbvio.

“Eu não acho que vai conseguir competir com nenhuma liga grande da Europa, e nem que apareça o melhor jogador em 50 anos por aqui”, afirmou em entrevista para a TV española. O ídolo de Boca Juniors, Corinthians e Juventus também criticou o nível técnico da competição.

Carlos Tevez Shanghai Shenhua Chinese Super League 21012017(Foto: AFP)

“Tecnicamente eles não são bons, e nem são tão físicos quanto dizem. Eles também são muito inocentes, por aqui te batem sem querer e machucam porque são brutos. Além do mais, o futebol é muito diferente e a gente encara de maneira diferente".


VEJA TAMBÉM:


De pontos positivos, o argentino destacou somente a decisão do governo em obrigar os clubes que gastarem em grandes reforços a investir no futebol de base do país: “Acho que com essa regra do governo, de que desde criança eles precisam jogar, vai melhorar muito este aspecto”, avaliou Tévez, que reconhece estar enfrentando problemas de adaptação.

Carlos Tevez Shanghai Shenhua v Brisbane Roar AFC Champions League 08022017(Foto: Getty Images)

“É um futebol muito diferente em relação a tudo o que eu joguei, e acho, no entanto, que não me adaptei completamente ou não me encachei. Acho que, pouco a pouco, vou me adaptando, porque é muito difícil fazer com que eles mudem”.

Pelo Shanghai Shenhua, Tévez disputou apenas cinco partidas – sendo uma amistosa – e fez um gol.

Fechar