Ibrahimovic em dois extremos na vitória do Milan: jogada de craque e expulsão

Atacante sueco é protagonista para o bem e para o mal na vitória rossonera contra o Parma neste sábado (10)

Foi com emoção, mas o Milan somou importantíssimos três pontos ao vencer o Parma por 3 a 1 neste sábado (10), fora de casa. Zlatan Ibrahimovic foi o grande personagem do confronto e se podemos colocar parte da vitória em sua boa atuação e nas jogadas de craque que ele protagonizou, também pode-se dizer que o jogo seria mais tranquilo para o time rossonero se o sueco não tivesse perdido a cabeça.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Ainda no primeiro tempo, Ibrahimovic foi decisivo para o Milan abrir uma boa vantagem de 2 a 0 no placar. No primeiro gol, fez uma linda jogada individual antes de dar uma boa assistência para Ante Rebic finalizar no ângulo. Depois, o sueco tabelou com Theo Hernandéz, que assistiu Kessie para o segundo tento do time de Milão.

Ibra até teve chances de deixar a sua marca na partida, mas terminou sua participação no jogo com um cartão vermelho. Aos 15 minutos do segundo tempo, o sueco reclamou de uma falta no meio de campo. Não fica claro o que o atacante disse ao árbitro Fabio Maresca, mas o sueco recebeu cartão vermelho direto.

Zlatan Ibrahimovic Parma Milan

Cinco minutos depois, o Parma diminiu o placar e dominou as ações do jogo até os minutos finais, obrigando Donnarumma a se destacar e salvar o Milan de um empate que seria ruim para a classificação. No entanto, quem marcou mais um gol foi justamente o time de Milão, que matou a partida no último lance com um contra-ataque finalizado por Rafael Leão.

Após um ótimo começo de temporada com 16 gols em 17 jogos, Zlatan se machucou e, desde sua volta, não conseguiu repetir as boas atuações. Nos últimos oito jogos, balançou as redes adversárias apenas uma vez.

Em segundo na tabela, oito pontos atrás da rival Internazionale, o Milan sobe para 63 pontos após 30 rodadas. A líder Inter, no entanto, tem um jogo a menos e pode aumentar a distância para voltar a conquistar o Scudetto.

Fechar