Hazard revela motivação curiosa que o ajudou a decidir contra Liverpool: "Kanté não queria pênaltis"

Comentários()
Getty Images
Após golaço do belga, lenda do Chelsea afirma que Hazard é um dos melhores do mundo e ainda não atingiu seu auge

Eden Hazard é um dos melhores jogadores do mundo e ainda está evoluindo. É assim que entende o lendário Gianfranco Zola, atual assistente técnico de Maurizio Sarri no Chelsea. Após grande atuação do belga na vitória do Chelsea sobre o Liverpool, em Anfield, pela Carabao Cup, o camisa 10 dos Blues revelou uma motivação curiosa para vencer a partida.

Hazard entrou no segundo tempo do jogo que contava com um Liverpool invicto na temporada (sete jogos, sete vitórias). Substituiu Willian no segundo tempo e sofreu a falta que deu origem ao gol de Emerson Palmieri. Já no final da partida marcou um golaço individual em que driblou vários defensores e chutou cruzado.

Kanté, que também entrou no segundo tempo, comentou sobre sua vontade de matar a partida ainda nos 90 minutos. Isso esteve na cabeça do belga ao entrar em campo.

"Eu falei com o N'Golo [Kanté] no banco e ele me disse que não queria cobrar pênalti, então a única solução era marcar um gol", contou o craque do Chelsea à SkySports.

A fantástica forma de Eden sob o comando de Sarri vem chamando a atenção. São cinco gols em seis jogos na Premier League. Gianfranco Zola, assistente técnico do Chelsea e lenda do clube falou sobre o golaço anotado por Eden.

Gianfranco Zola and Maurizio Sarri(Foto: Getty Images)

"Pra mim foi um gol fantástico e não somente pela beleza, mas pelo momento em que veio. Ele estava sozinho contra quatro defensores. Foi um gol inacreditável", falou Zola à SkySports.

Ele também comentou sobre momento que vive o artilheiro.

"Ele não é somente um dos melhores da Premier League - se ele já não for o melhor -, ele é um dos melhores da Europa, senão do mundo. Eden está crescendo rápido na sua maturidade e nas escolhas que toma em campo. Na minha opinião, nós não vimos o melhor dele ainda. Ele é um jogador notável", analisou o italiano.

O Chelsea volta a enfrentar o Liverpool neste sábado (29), às 13h30 (de Brasília), dessa vez no Stamford Bridge e pela Premier League.

Fechar