Havertz mostra a que veio no Chelsea: em 2020, só decide menos que Lewandowski, Messi e CR7

Comentários()
O alemão, uma das novidades do time de Frank Lampard para a temporada, marcou os seus três primeiros gols todos de uma vez pelos Blues

O Chelsea é, muito provavelmente, o time que mais chamou atenção pelas movimentações no mercado de transferências visando esta nova temporada 2020-21. Destaque do Bayer Leverkusen nos últimos anos e tido como promessa de super astro do futebol alemão, o meia-atacante Kai Havertz, 21, foi o mais caro de todos eles. E mostrou o porquê de tanta expectativa, e da etiqueta de 80 milhões de euros, na goleada por 6 a 0 sobre o Barnsley, na estreia dos londrinos na Copa da Liga Inglesa.

Quer ver a Premier League ao vivo? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O alemão, que atuou centralizado e atrás do centroavante Tammy Abraham, no 4-2-3-1 desenhado pelo técnico Frank Lampard, foi um dos grandes destaques da vitória e emplacou logo os seus três primeiros gols pelo novo clube – Abraham fez um e deu duas assistências, com Ross Barkley e Olivier Giroud completando o marcador. Foi a primeira vez em sua ainda incipiente carreira que Havertz marcou três vezes em um mesmo duelo.

Evidente que a qualidade do jogo ajudou. O Barnsley joga na segunda divisão inglesa e, na última temporada, escapou por detalhes de um rebaixamento à terceira. Mas ainda que a Copa da Liga seja a taça menos importante que o Chelsea pode levantar na pirâmide do futebol inglês, uma eliminação tão cedo carregaria consigo o carimbo de vexame. A equipe de Frank Lampard venceu e venceu muito bem.

Kai Havertz Chelsea Havertz, a contratação mais cara do Chelsea para esta temporada (Foto: Divulgação/Chelsea)

E se o torcedor dos Blues, inebriado pelas altas expectativas que os bons reforços trazem para esta temporada, pudesse começar a ter algum tipo de desconfiança com Havertz – criticando um passe bizarro dado pelo alemão em sua estreia, contra o West Brom, por exemplo – o novo camisa 29 já trouxe os números mais imediatistas para o seu lado: em três jogos pelo Chelsea pode falar, orgulhoso, que marcou três gols.

Mas o que anima Frank Lampard é um corte menos imediato das estatísticas: considerando o calendário de 2020, a partir do mês de janeiro até este presente momento, apenas Robert Lewandowski (35), Lionel Messi (32) e Cristiano Ronaldo (31) participaram diretamente de mais gols – seja marcando ou dando assistências – do que Havertz. Com o hat-trick anotado pelo Chelsea, o jovem alemão soma agora 16 tentos e oito passes para gols neste ano.

Soma, também, uma carga a mais na expectativa sobre o que pode fazer pelos Blues nos próximos cinco anos.

“As combinações que ele teve com o Tammy (Abraham), a forma como ele cresceu na partida e a confiança e os três gols. Foi uma grande noite para o Kai, a primeira de muitas para ele”, afirmou Frank Lampard após a partida.

Fechar