Hary Kane e Sarri distoam ao falar do VAR após vitória do Tottenham

Comentários()
Getty Images
O atacante concordou com a marcação do pênalti, enquanto o treinador do Chelsea não escondeu a sua insatisfação

O jogo de ida entre Tottenham e Chelsea, válido pela semifinal da Carabao Cup (Copa da Liga Inglesa), teve no VAR um grande protagonista. Afinal de contas, a vitória por 1 a 0 dos Spurs sobre os Blues aconteceu graças a um pênalti marcado pela nova tecnologia do futebol.

Após o jogo, Harry Kane, que sofreu e converteu a penalidade, disse que o árbitro Michael Oliver acertou na decisão. A dúvida toda pairou sobre o lance anterior a Kane ser derrubado pelo goleiro Kepa Arrizabalaga, quando o goleador inglês estava em posição duvidosa.

“Foi um pênalti claro. O VAR está aí por uma razão, e eles acertaram”, disse para o Sky Sports após o triunfo. “Eu preciso ver de novo. Depois da Copa do Mundo, eu me acostumei. É uma grande parte do futebol que anda para a frente. Sob o nosso ponto de vista, não muda muito”.

Técnico do Chelsea, Maurizio Sarri discordou absolutamente da avaliação de Kane e criticou uma alegada falta de preparo dos árbitros ingleses para lidarem com a novidade: “Minutos atrás eu pude ver o lance em uma câmera nossa. Estava impedido. A nossa câmera estava na mesma linha que o Harry Kane”, disse para a Sky Sports.

“Estava impedido com a cabeça, impedido com o joelho. Impedido. Era muito importante que o bandeirinha continuasse a correr, ele impactou muito os nossos defensores. Eu não acho que os juízes ingleses estão prontos para usar este sistema”.

“Se você não tem certeza do sistema, precisa seguir a bola até o final da ação para decidir. Mas ele parou e não seguiu a bola. Para os nossos defensores, estava em impedimento. Eu não sei sobre o goleiro, mas tenho certeza sobre os defensores”.

“Acho que eles precisam estudar o sistema. Acho muito estranho que a Premier League não tenha o VAR e tenha na Carabao Cup. É muito estranho para nós, jogadores e árbitros”, completou.

O jogo de volta entre os rivais londrinos está marcado para 22 de janeiro, no estádio de Stamford Bridge.

Fechar