Harry Kane: "Quero estar todos os anos à frente de Messi e Cristiano"

Comentários()
Getty Images
O atacante inglês somou mais gols que Cristiano Ronaldo e Messi em 2017 e quer continuar no topo

O atacante inglês Harry Kane, do Tottenham, terminou o ano civil de 2017 como o artilheiro do ano, superando nada menos que Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Os 56 tentos anotados por Kane superaram por dois gols o argentino do Barcelona e por três o português do Real Madrid

Em entrevista à ESPN, Harry Kane se mostrou satisfeito pelo feito alcançado e afirmou a sua vontade em superar ambos os craques, tanto ao nível de gols como ao nível de títulos. 

"Vão ficar na história como dois dos melhores jogadores de sempre. Estar lá e batê-los é algo que me deixa orgulhoso. Quero estar todos os anos à frente deles, não apenas superá-los mas vencer tantos troféus quanto eles", disse o atacante inglês. 

"Tem sido uma boa temporada. Gostaríamos de estar melhor, mas o City está longe. Ainda temos a Champions League e a Copa da Inglaterra", acrescentou Harry Kane sobre a condição do Tottenham na Premier League. 

Mais artigos abaixo
Cristiano Ronaldo, Harry Kane, Real Madrid v TottenhamFoto: Getty

Em relação à sua carreira, e sobre os sacrifícios que teve de passar para atingir o alto nível como profissional, Harry Kane não se mostrou insatisfeito. 

"Não me queixo. É a vida de jogador e eu adoro isto. Mas se abdica da parte social da vida. Nem todos os jogadores o fazem. Alguns saem, vão a restaurantes, esse tipo de coisas. Do meu ponto de vista, para tirar o melhor de mim, é preciso ir para casa, descansar, recuperar, estar com a minha família e fazer tudo o que consigo naquele período de tempo para atingir o que posso", afirmou Harry Kane. 

Harry Kane Tottenham WimbledonFoto: Getty

"Desisti de quase tudo. Doces, chocolate. O básico de que toda a gente gosta. Não cortei totalmente isso, mas consumo em proporções certas. Não é preciso cortar com toda a comida ruim. É preciso, sim, saber em que dias preciso mais de umas coisas do que de outras. Isso me ajuda a recuperar bem", revelou Harry Kane.

Fechar