Guerrero rompe o silêncio: “estão me roubando o Mundial e talvez minha carreira”

Comentários()
Agencia Uno
O atacante do Flamengo não escondeu a revolta com a decisão final do TAS, que aumentou a punição pelo doping

Paolo Guerrero falou pela primeira vez desde a decisão definitiva do TAS, que aumenta para outros 14 meses a sua punição por ter sido flagrado com a substância da cocaína. Com isso, o atacante ficará de fora da Copa do Mundo de 2018 e vê o seu futuro no Flamengo em risco.

Por isso mesmo, o atleta de 34 anos não economizou nas palavras. Em entrevista para o Canal N, do Peru, disse que não roubaram apenas o sonho de representar o seu país em um Mundial: podem ter lhe roubado a chance de seguir em sua profissão.

“Ao longo deste processo, demonstrei várias coisas: que nunca consumi uma droga, já foi provado; que nunca tive a intenção de melhorar o meu desempenho, porque isso nem melhora o seu desempenho e já foi provado pela FIFA, WADA, e TAS. Eu estava concentrado com a seleção, sob os protocolos de segurança e nutrição. Eu bebi um chá que o moço não deveria ter servido a um jogador profissional”, disse.

GFX Paolo Guerrero 14 05 2018

“Às pessoas que contribuíram com esta injustiça vergonhosa, lhes digo que estão me roubando o Mundial e talvez a minha carreira. Espero que consigam dormir em paz. Estou vendo com meus advogados para tomar as próximas ações”, completou.

Próximo artigo:
Site: Bruno Henrique chega para assinar com o Flamengo nessa terça-feira
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
Juventus 3x0 Chievo: CR7 perde pênalti, mas Velha Senhora segue imbatível na Itália
Próximo artigo:
Hazard não descarta ida para o Real Madrid no futuro: "Me agradaria, por que não?"
Próximo artigo:
Semifinais da Copa São Paulo 2019: quando é, quais são os times e todas as informações
Fechar