Guardiola teria odiado o que Mourinho está fazendo, diz Scholes

Comentários()
Getty/Goal
Ex-United espera mais da equipe em 2018/19 após uma temporada sem títulos

O ex-meio-campista do Manchester United, Paul Scholes, não ficou nem um pouco surpreso com as fracas atuações dos Red Devils nesta pré-temporada. E acredita que Pep Guardiola odiaria a maneira como o time de José Mourinho tem se comportado em campo.

O United terminou a Premier League 19 pontos atrás do campeão Manchester City na última campanha, e começaram a preparação para 2018/19 com dois empates pouco convincentes, contra América do México e San José Earthquakes.

As contratações do brasileiro Fred e do português Diogo Dalot não foram suficientes para trazer esperança aos torcedores, apesar de Mourinho ainda estar disposto a reforçar a equipe com novos talentos antes da janela de transferências se encerrar.

Jose Mourinho Antonio Valencia Man Utd 02122017
(Foto: Getty Images)

Entretanto, Scholes não está nada entusiasmado com o que viu do trabalho do técnico português, embora não queira que ele deixe o cargo em Old Trafford.

“Como alguém que gosta de futebol, se você é técnico e vê seu time jogar bem, deve ficar feliz”, disse ele em entrevista. “(O United) é um time que produz resultados ao invés de impressionar pelo bom futebol. E provavelmente este é o motivo pelo qual ele (Mourinho) está feliz. É o que ele fez de melhor nesses anos”.

“Se Guardiola fosse o técnico do United, ele iria odiar o que estaria vendo, e seria diferente”, acrescentou. “Mas o mais importante para Mourinho são os resultados, e ele será julgado por eles”.

Apesar das vitórias na Copa da Liga e Europa League em sua primeira temporada, Mourinho viu o United passar em branco em sua segunda campanha em Manchester, terminando apenas com o vice-campeonato para o Chelsea, na Copa da Inglaterra.

PAUL SCHOLES MANCHESTER UNITED
(Foto: Getty Images)

Para Scholes, mais um ano sem títulos seria "desastroso" para um clube que se acostumou a brigar e ser favorito em todas as competições que disputou nas últimas três décadas.

“Ano passado foi decepcionante", acrescentou o ex-jogador. "Nenhuma equipe tem um 'direito divino' para vencer títulos, sei disso, mas a forma  como eles jogaram a liga ficou abaixo do padrão exigido."

“Foram derrotados para o Sevilla na Champions League, um time mais fraco. Sim, chegaram na final da Copa da Inglaterra, mas todo ano em que o Manchester United não vence algum campeonato deve ser considerado um desastre, e isso vai se perpetuando”, concluiu Scholes.

O United terá a chance de causar uma melhor impressão no seu torcedor na madrugada desta quinta-feira (26), quando encara o Milan em Pasadena (Estados Unidos), pela International Champions Cup 2018. A partida inicia às 00h05, horário de Brasília.

Fechar