Guardiola pede foco ao Manchester City para evitar grave erro

Comentários()
Getty Images
Técnico catalão destacou a importância dos jogadores do Manchester City se focarem apenas nos seus resultados

O Manchester City recebe o Liverpool nessa quinta-feira (03), às 18h (de Brasília), no Etihad Stadium, pela 21ª rodada da Premier League. Esse promete ser um dos melhores e mais importantes jogos dessa temporada. Ciente disso, Pep Guardiola, treinador do City, quer o time completamente focado no seu futebol para conseguir quebrar a invencibilidade dos Reds e se aproximar do líder na tabela.

"O que precisamos fazer é nos controlar. O problema quando você está atrás, o que aconteceu muitas vezes na minha carreira, é você só pensar no que está acontecendo com outras pessoas que estão na sua frente e esquecer o que precisa ser feito. Esse é um grande erro. Uma vez que isso acontece é impossível alcançar quem está na frente. Na quinta-feira nós temos a oportunidade de conquistar três pontos e não permitir que eles [Liverpool] consigam", falou Pep.

O Manchester City vive um momento de instabilidade na temporada. Nos últimos cinco jogos, os citzens perderam três deles e chegam para enfrentar o líder do campeonato que está invicto na competição.

Na última temporada, as situações eram invesas. No dia 14 de janeiro de 2018, era o Manchester City que chegava invicto em Anfield para enfrentar os Reds. O time de Jürgen Klopp surpreendeu e venceu a partida por 4 a 3, em um dos jogos mais espetaculares de toda a campanha 2017/18. Mesmo assim, o time azul de Manchester conseguiu faturar o título de campeão ao final do certame.

Jürgen Klopp Pep Guardiola 2018(Foto: Getty Images)

Klopp é um adversário incômodo para Guardiola. Os dois se enfrentaram 15 vezes em toda a carreira. Klopp venceu oito, Guardiola venceu cinco e houve dois empates. É o técnico que Pep mais sofre para jogar contra. Em média, Guardiola consegue 1.13 pontos por jogo contra Jürgen. O catalão entende sobre o estilo de jogo do alemão e elogiou o time do Liverpool.

"Eles são sólidos atrás. No jogo posicional, quando os oponentes defendem com a linha baixa eles têm problemas para atacar, mas agora eles estão aptos para atacar muito bem. Na transição, como sempre, eles são muito bons. Nas bolas paradas, são incríveis, é um time alto. É um time que pode controlar todas as áreas", analisou Guardiola.

Próximo artigo:
Love, Arana, Luan, Romero, Ramires... Duílio comenta negociações do Corinthians
Próximo artigo:
RB Brasil 1 x 1 Palmeiras: Borja abre o placar, mas Verdão cede empate ao RB Brasil em estreia de 2019
Próximo artigo:
Rhodolfo celebra gol, vitória e volta por cima no Flamengo: “Nunca deixei de trabalhar”
Próximo artigo:
Luan diz que balançou com proposta do Corinthians para deixar o Galo e deixa futuro em aberto
Próximo artigo:
Barcelona 3 x 1 Leganés: Messi sai do banco para garantir vitória do Barça no Camp Nou
Fechar