Goleiro cai 30 metros com carro, mas sobrevive a desabamento de ponte na Itália

Comentários()
Getty Images
Davide Capello presenciou a tragédia que matou pelo menos 35 pessoas em Gênova

O desabamento da Ponte Morandi, em Gênova, nesta terça-feira (14), chocou o mundo. Pelo menos 35 pessoas foram mortas no incidente, em que uma das torres que suportava a ponte desmoronou com a chuva torrencial que caía pela manhã. O número de mortes tende a subir.

Nesta contagem, por pouco não houve um jogador de futebol. O goleiro Davide Capello, que tem passagem pelo Cagliari e atua no pequeno Legino, caiu com seu carro de uma altura de 30 metros e ficou preso em escombros, mas sobreviveu.

Ponte Morandi Genova
(Foto: Getty)

"Eu estava indo para Gênova quando ouvi um barulho na ponte, e tudo desabou. Foi um milagre", disse o jogador de 33 anos à TV Sky TG24

O defensor italiano Domenico Criscito, que retornou ao Genoa do Zenit em maio, disse que estava atravessando a ponte de carro pouco antes do colapso, e pediu que medidas sejam tomadas para evitar acidentes semelhantes no futuro.

“Estou escrevendo esta mensagem para todos que me escreveram preocupados comigo e com minha família: estamos todos bem, mesmo tendo atravessado a ponte apenas 10 minutos antes de ela desmoronar”, escreveu o jogado em seu Instagram.

“Estou próximo a todas as famílias das vítimas. Não é possível que uma ponte de autoestrada desabe desta forma. NÃO É POSSÍVEL! Precisamos fazer algo por este país. As pessoas estão saindo (da Itália) por coisas como essa. Precisamos de segurança, precisamos que alguém faça alguma coisa, isso é nojento! “, concluiu.

O time de Gênova cancelou a agenda de treinos nesta terça-feira por conta do incidente.

Fechar