Giuliano se mostra impactado com nova convocação e fala sobre oportunidade na Canarinho

Comentários()
Pedro Martins / MoWA Press
Meia ganhou mais uma chance com Tite para tentar carimbar uma vaga no Mundial da Rússia

De olho numa vaga entre os 23 jogadores que disputarão a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira, o meia Giuliano ainda luta para conquistar o seu passaporte para a Rússia. Escolhido por Tite para estar entre os atletas que disputarão os jogos contra Japão e Inglaterra, o meia sabe da importância desta oportunidade.

Após o treino desta segunda-feira(6), a primeira das quartra atividades que a equipe realizará antes de encarar os japoneses, Giuliano conversou a imprensa e se mostrou impactado com a nova convocação.

"Foi uma convocação que fiquei fora desde que o Tite assumiu a Seleção, mas antes estava dentro. Foi um sentimento ruim não estar, mas, por outro lado, foi um pontinho de ligar um alerta, não entrar na zona de conforto. Usei isso como motivação, serviu para trabalhar mais, me dedicar mais. O trabalho que eu fizer no meu clube vai me condicionar".

Abaixo, confira os principais trechos da entrevista coletiva do jogador

Briga por vaga

"É uma vaga muito concorrida, cada um buscando seu espaço. São grandes jogadores brigando por essas posições e todos querem participar. Somos privilegiados por fazer parte nesse momento, temos que entregar tudo que temos e dar nosso melhor para que sejamos reconhecidos".

Giuliano Brasil x Bolívia 061016
(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

Espírito de Copa

Mais artigos abaixo

"Desde que conseguimos a classificação, o espírito já era Copa do Mundo, a preparação com uma responsabilidade maior. Estamos muito bem preparados e demonstramos isso a cada jogo. Nosso time tem atuado bem, temos que ir com esse espírito para a Copa do Mundo. Usar esses jogos para ganhar confiança, solidez, ganhar como grupo".

Jogos contra Japão e Inglaterra

"Não podemos falar de resultados antes de jogar, vamos tentar fazer uma boa atuação e conseguir um bom resultado. Japão não é fácil e vai querer ganhar do Brasil, não podemos entrar esperando facilidade, e sim concentrados para fazer um grande jogo".

Próximo artigo:
São Paulo 4 x 1 Mirassol: Tricolor sai atrás, vira o placar, vê expulsão de rival e garante goleada em estreia do Paulista
Próximo artigo:
Após rumores do PSG, Barcelona tem nova reunião com De Jong
Próximo artigo:
Vanderlei à venda? Torcida do Santos compra briga para dar recado a Sampaoli
Próximo artigo:
Klopp comemora vitória apertada do Liverpool na Premier: "Estou muito feliz"
Próximo artigo:
Modric afasta saída do Real Madrid: "tenho mais um ano e meio de contrato"
Fechar