Gênio na Euro 2008 e decepção no Arsenal, Arshavin anuncia aposentadoria

Comentários()
KairatAlmaty
Russo brilhou pela sua seleção e pelo Zenit, mas viveu altos e baixos nos Gunners e nunca explodiu como esperado

Os anos realmente passam rápido. Parece que foi ontem que o mundo descobriu Andrey Arshavin na Euro 2008, quando o meia-atacante brilhou na surpreendente semifinalista Rússia, mas já se passaram dez anos desde a magia do russo na Áustria e na Suíça, países que sediaram aquela competição. O tempo passa tão rápido que Arshavin, agora com 37 anos, anunciou sua aposentadoria.

Hoje no Kairat, do Cazaquistão, um dos grandes nomes daquela Euro conquistada pela Espanha afirmou que fez, neste fim de semana, seu último jogo como profissional.

Ficarão as lembranças do meia que encantou em um grande torneio por sua seleção, mas nunca explodiu como esperado em um gigante europeu.

Arshavin, afinal, viveu uma temporada mágica em 2007/08. Brilhando pelo Zenit, o clube de sua vida, conquistou o Campeonato Russo, a Copa da Uefa (hoje Liga Europa) e a Supercopa da Europa, quando venceram o poderoso Manchester United de Rooney, Tévez, Scholes e companhia, treinado pelo lendário Sir Alex Ferguson.

FC Zenit St. Petersburg vs FC Kuban Krasnodar, Anatoliy Tymoschuk, Andrey Arshavin

Pela seleção, ele encantou o mundo e ganhou fama internacional na Euro, levando a Rússia até as semifinais. Sua atuação mais memorável foi nas quartas de final, quando ele deu duas assistências e marcou um gol na vitória sobre a Holanda. Na fase seguinte, porém, seu país acabou eliminado pela futura campeã Espanha.

O desempenho do "mago russo" chamou atenção do Barcelona que, segundo o próprio Arshavin, ofereceu 15 milhões de euros ao Zenit por ele. No fim das contas, porém, ele acabou indo para o Arsenal, em janeiro de 2009.

Nos Gunners, no entanto, ele nunca explodiu como esperado. Arshavin teve algumas atuações mágicas, como no histórico 4 a 4 com o Liverpool, em Anfield Road, quando marcou os quatro gols dos londrinos, mas, no geral, deixou a desejar, não conquistou um título sequer e anotou apenas 31 tentos pelo time de Arsène Wenger.

Andrey Arshavin ArsenalAndrey Arshavin ArsenalAndrey Arshavin Premier League Liverpool v Arsenal 210409(Fotos: Getty Images)

Não à toa, ele foi emprestado ao Zenit em 2012, atuou até o meio do ano, voltou para o Arsenal para a temporada 2012/13 e, depois do fim da temporada, acabou retornando em definitivo para o clube russo, onde ganhou mais uma vez a liga nacional antes de se transferir para o Kairat.

Fechar