Ganso espera ter mais chances no Sevilla e quer buscar seu espaço na seleção brasileira

Comentários()
Getty Images
Meia chegou ao time Andaluz na última temporada e espera ter mais chances com Eduardo Berizzo e buscar espaço na seleção de Tite

Paulo Henrique Ganso completou um ano no futebol europeu em julho. No entanto, o meia do Sevilla espera ter uma temporada melhor que a última já que teve poucas oportunidades. Com a saída de Jorge Sampaoli do comando do clube, o meia brasileiro quer fazer de tudo para ganhar a confiança do novo treinador do time andaluz, Eduardo Berizzo, e voltar à seleção brasileira.

Na entrevista concedida ao jornal Lance, o jogador falou sobre a sua chegada ao Sevilla e o processo de adaptação.

“O processo de adaptação em si foi complicado. Todo o contexto é um desafio enorme para sua carreira e sua vida pessoal. Tive minha família ao meu lado e isso foi fundamental. Dentro de campo, aos poucos você vai se soltando, pegando mais entrosamento e entendendo melhor o comportamento de cada um”, disse complementando sobre as diferenças e semelhanças do futebol brasileiro e o europeu.


VEJA TAMBÉM:


“Tem suas diferenças no estilo de jogo. Os aspectos táticos ainda são um pouco distintos, sobretudo na velocidade que os times impõem nas transições. No entanto, há traços semelhantes, como a valorização da posse de bola, o jogo entrelinhas. E estar na mesma liga que os dois melhores jogadores do mundo demonstra a qualidade da competição.

Ganso também revelou não ter nenhum problema com Sampaoli, antigo treinador do clube. De acordo com o meia, as poucas oportunidades que teve com o argentino foi uma opção do comandante.

“São coisas do futebol. O Sampaoli optou por outros atletas para determinados jogos e eu acabei ficando de fora de alguns. Faz parte. É preciso respeitar as decisões do treinador. Cada um tem seus motivos e convicções, mas o que eu posso dizer é que nunca deixei de me empenhar e sempre estive pronto para aproveitar as oportunidades”.

Paulo Henrique Ganso Sevilla 21072016Crédito: @phganso/Instagram/Reprodução

Ganso também disse acreditar que a falta de sequência nos jogos pode ter atrapalhado o seu rendimento já que no fim da temporada ele conseguiu a jogar bem, marcar gols e ser decisivo. Apesar disso, o jogador quer deixar o passado para trás, deixando claro que quer permanecer e brigar por uma vaga de titular.

“Não gosto de falar muito sobre o que poderia ter acontecido. Já passou, aconteceu dessa forma e não temos como mudar o passado. O que eu posso fazer é me esforçar e trabalhar ainda mais para a próxima temporada. Tenho certeza que novas oportunidades irão pintar e eu estarei pronto para aproveitá-las”.

O meia também revelou o desejo de voltar a usar a camisa da seleção e elogiou o trabalho feito por Tite no comando do time.

“Sempre acreditarei em retornar à Seleção. É o grande sonho de qualquer jogador, e comigo não poderia ser diferente. O Tite está fazendo um trabalho brilhante e comprovando, a cada dia, que os jogadores precisam merecer uma vaga. Quem tem merecido, tem sido convocado. E isso é fantástico, pois mantém as vagas em abertos para todos. Os melhores estarão na Seleção, e não há nada mais justo. Me resta trabalhar demais para estar no meu melhor nível e lutar por um espaço no grupo”.

Paulo Henrique Ganso Sevilla 21042017Crédito: CRISTINA QUICLER/AFP/Getty

Por fim, Ganso negou que tenha recebido propostas para deixar a Espanha e afirmou que está focado no Sevilla.

“Não chegou nada concreto a mim. Quem cuida dessa parte é meu empresário. Quando chega alguma proposta, conversamos, converso com minha família e, juntos, decidimos o melhor para a minha carreira. Mas hoje, posso garantir que o meu foco está totalmente voltado aqui para o Sevilla”.

Fechar