France Football 1924 Olimpíada 01082016

França foi palco de primeiro título olímpico uruguaio que se considera tetracampeã mundial

Campeão olímpico de futebol em 1924 e 28, antes da existência da Copa do Mundo, o Uruguai se considera tetracampeão mundial, apesar da grande maioria dos países apenas considerarem o time sul-americano bicampeão, contabilizando apenas os títulos mundiais de 1930 e 50.

Rivais nesta sexta-feira, nas quartas de final da Copa do Mundo, França e Uruguai são os países centrais nessa discussão. Isso porque as Olímpiadas de 1924 foi realizada em Paris com a FIFA e a Federação Francesa, ambas presididas pelo famoso Jules Rimet, organizando o futebol.

Em 1923, um congresso realizado em Genebra definiu que a FIFA e a federação do país sede dos jogos olímpicos ficariam responsáveis pela organização do torneio, que passaria a ser reconhecido como também como Mundial. Desta maneira a entidade máxima do futebol e a Federação Francesa foram responsáveis pelo calendário, regras, inscrições, critérios de admissão dos atletas e cronograma, organização que acabou servindo como base para a Copa do Mundo Fifa de 1930.

Mais artigos abaixo

Com vitórias sobre Iugoslávia (7 a 0), EUA (3 a 0), França (5 a 1), Holanda (2 a 1) e Suíça (3 a 0), a Celeste levou o título em Paris. Após a vitória na decisão, os uruguaios deram uma volta no estádio para saudar o torcedor francês que passou a apoiar a Celeste após a sua seleção ser eliminada da seleção. Nascia então a volta olímpica.

France Football 1924 Olimpíada 01082016

Quatro anos mais tarde, em Amsterdã, os campeões olímpicos e 'mundiais' defenderam o título começando a competição com um 2 a 0 sobre os holandeses. Depois golearam a Alemanha (4 a 1), venceram a Itália (3 a 2) e, em dois desafios, levaram a melhor sobrea Argentina na grande decisão, garantindo o bicampeonato.

Em 1930, na primeira Copa do Mundo, também organizada pela FIFA, os uruguaios mais uma vez levaram o troféu, confirmando a hegemonia. Vinte anos depois, a Celeste conquistaria o quarto título e último conquistado pela equipe sul-americana.

Apesar de boa parte do mundo não considerar os dois títulos olímpicos como Mundiais, mesmo com a organização da FIFA e a própria entidade ter encarado os torneios como um Mundial, o Uruguai não só se considera tetracampeçao como utiliza as quatro estrelas de cinco pontas acima do seu escudo.

Uruguai 1928 01082016

A própria FIFA reconheceu a Celeste, um tanto às escuras, tetracampeã mundial. No entanto, em 2010, a entidade reconheceu as estrelas na camisa do Uruguai como “não Copas do Mundo, mas sim torneios precursores da Copa do Mundo, de alto nível desportivo e organizados pela FIFA”.

Já a França, em 2008, considerou a Celeste como tetracampeã do mundo. Isso porque na organização de um amistoso contra o Uruguai fez a promoção da partida da seguinte forma: “O Jogo de 5 Estrelas” (fazendo alusão a soma dos títulos das duas equipes).

Publicidade