Fora da Copa, goleiro da Nigéria comenta recuperação de câncer

Comentários()
Photo by Lolade Adewuyi/Goal/Perform Media
Ikeme estreou no Wolves em 2003 e já fez mais de 200 jogos com a camisa do time inglês

banner Copa 2018

Carl Ikeme, goleiro da Nigéria e Wolverhampton, anunciou no último sábado (23), em suas redes sociais, que está praticamente curado do câncer que o tirou da Copa do Mundo da Rússia. O jogador foi diagnosticado com a doença em julho de 2017.

Além de ficar de fora da temporada 2017/18 com os Wolves, o goleiro, titular da Nigéria, perdeu a oportunidade de disputar o Mundial com a seleção. Porém, com a boa noticia, Ikeme está ansioso para retornar a campo.

 

After a tough year and intense chemotherapy throughout I would like to let everyone know I am in complete REMISSION . I still have hurdles to get over to be cured but I can hopefully now move forward with some normality. I would like to thank my family/friends to start with who have gone above and beyond for me ❤️ The support I have received from Wolves/Nigeria, the football world and from people from all over the world has been hard to put into words. I can’t thank everyone at the Christie and heartlands hospital enough for there care!!!What next who knows... I’m just taking it a day at a time #Grateful 🙏🏽 #Remission

Uma publicação compartilhada por Carl Ikeme (@carlikeme) em

"Depois de um ano de intensas quimioterapias, gostaria de compartilhar que estou completamente bem. Ainda tenho obstáculos para passar para ser curado, mas espero poder seguir em frente com alguma normalidade. Eu gostaria de agradecer a todos pelo apoio ao longo do ano passado. Obrigado”, disse.

Diversas homenagens foram feitas para goleiro durante os jogos dos africanos na Copa. O responsável por substituir Ikemer foi Francis Uzoho, de 19 anos. Um dos jogadores mais novos da competição.

Na última sexta-feira (22), a Nigéria venceu a Islândia por 2 a 0 e manteve viva a esperança de se classificar para às oitavas de final do torneio. Apenas uma vitória diante da Argentina, em 26 de junho, às 15h (de Brasília), será suficiente para os nigerianos seguirem para a proxima fase da competição.

Fechar