Florentino Pérez é alvo de críticas da imprensa por descontrole e falta de planejamento no Real Madrid

Comentários()
Getty/Goal
Presidente dos Blancos é criticado pela demissão de Julen Lopetegui e escolha de Solari como substituto, além de outros erros

O Real Madrid vive uma de suas piores crises nos últimos anos, e Florentino Pérez tem sido atacado pela imprensa espanhola como um dos principais responsáveis pela má fase dos Blancos. O dirigente é criticado por apresentar descontrole e pela falta de planejamento na temporada do clube.

Pérez, afinal, negociou Cristiano Ronaldo, um dos maiores jogadores do Real em todos os tempos e maior artilheiro da história do clube, com 450 gols, que foi o goleador máximo da equipe em todas as nove temporadas que passou em Madri, e também artilheiro da Champions League nos últimos seis anos, e não contratou um substituto para o português. O mandatário, aliás, pouco reforçou o elenco.

Para a vaga de Zidane, contratou Julen Lopetegui em uma negociação polêmica, concretizada dias antes da estreia da Espanha, então comandada pelo treinador, na Copa do Mundo. Pérez não deu grandes reforços ao técnico, que pegou um vestiário com problemas, a pressão de substituir Zidane após um tricampeonato histórico da Champions League, e sem contar com Cristiano Ronaldo.

Depois, Pérez bancou Lopetegui mesmo com uma sequência de resultados ruins, com cinco jogos seguidos sem vitórias, incluindo derrotas para os modestos Alavés e Levante por La Liga, além do CSKA Moscow pela Champions, e 481 minutos sem marcar um gol sequer, a pior marca da história do clube.

Florentino Perez Real Madrid(Foto: Getty Images)

O presidente, porém, preferiu dar a chance de Lopetegui se recuperar em uma semana decisiva, nos jogos contra Viktoria Plzen (UCL) e Barcelona (La Liga). O Real até venceu, mesmo sem convencer, pela competição europeia, mas foi humilhado por 5 a 1 pelo maior rival no Camp Nou. A goleada custou o cargo de Lopetegui.

Florentino Pérez, porém, demitiu o treinador e anunciou Solari, que estava no Castilla, como substituto de Lopetegui, quando todos imaginavam que ele anunciaria um substituto de impacto, como Antonio Conte, por exemplo. No entanto, segundo veículos europeus, Pérez ainda finaliza um acordo com o italiano, e o argentino será um "tampão" por uma ou duas partidas.

Os vários erros no planejamento e o descontrole de Floretino Pérez começam a custar caro, com o Real Madrid ficando para trás, apenas no nono lugar de La Liga, sete pontos atrás do líder e rival Barcelona, e também longe de encantar na Champions League.

Próximo artigo:
Quais times se classificaram para as oitavas da Champions League 2018/19?
Próximo artigo:
Quantos gols Cristiano Ronaldo tem na carreira?
Próximo artigo:
Pogba quer renovar com o Manchester United, afirma jornal
Próximo artigo:
Mercado de transferências: Os últimos rumores de Barcelona, Real Madrid, PSG e todos os grandes clubes
Próximo artigo:
Ninho do Urubu: Flamengo 2019 tem elenco superior ao ano passado, mas ainda carente; veja a avaliação
Fechar