Flamengo entra na Justiça contra Guerrero

guerrero_inter
A equipe carioca quer ser ressarcida pelos valores pagos ao atacante durante o seu período de punição por doping

O Flamengo entrou na Justiça contra Paolo Guerrero, ex-jogador do clube e que recentemente acertou a sua ida para o Internacional, com um pedido de indenização pelo período em que o atacante não pôde defender a equipe por causa da suspensão por ter sido flagrado no exame antidoping quando estava a serviço da seleção peruana.

Desta forma, o Rubro-Negro pede R$ 1.809.090,15. Este valor é referente aos 121 dias em que o atacante não pôde defender o Flamengo, além de um acréscimo de correção monetária pela data da última parcela paga até a data presente. No período de contrato do jogador com o clube carioca, o montante total foi de R$ 16 milhões.

Alegando ter sido a "única entidade realmente prejudicada com todo o imbróglio causado pelo Guerrero e a comissão técnica da seleção peruana”, o Flamengo lembra que havia quitado os valores referentes ao Contrato de Imagem do atleta durante  a sua luta para provar inocência.

O problema poderá ser resolvido em cerca de 30 dias, se Guerrero manifestar interesse na conciliação durante audiência. Caso contrário, terá 15 dias para apresentar a sua defesa a partir da data da audiência de conciliação.

Fechar