Flamengo despenca pós Copa do Mundo, vê rivais decolarem e tem campanha pior que a do Ceará

Comentários()
Staff Imagens / Divulgação
Time de Maurício Barbieri perdeu pontos importantes, perdeu a ponta e hoje é o terceiro colorado do Brasileirão

O Campeonato Brasileiro do Flamengo pode ser dividido em duas etapas, antes e depois da Copa do Mundo. Líder do Brasileirão e jogando possivelmente o melhor futebol do país antes do Mundial, o time de Maurício Barbieri teve grande queda no retorno do torneio e viu a vantagem que era de quatro pontos sobre o São Paulo, virar quatro pontos para o Tricolor Paulista. 

Agora, a equipe carioca ocupa a terceira posição, atrás do líder São Paulo e do Internacional e viu o Grêmio encostar, com apenas um ponto de diferença. De 21 pontos disputados desde o retorno da Copa do Mundo, o Flamengo somou apenas 10, enquanto o rival paulista foi buscar 18. 

São Paulo Chapecoense Campeonato Brasileiro 19082018
(Foto: Alexandre Shneider / Getty Images)

Entre os pontos perdidos estão os confrontos contra o próprio São Paulo, dentro do Maracanã, os reservas do Grêmio e o baile sofrido diante do Atlético-PR, no último domingo(19), na Arena da Baixada. O desempenho do Flamengo pós Copa do Mundo é tão ruim que se contasse apenas os jogos depois do Mundial, o time de Maurício Barbieri estaria na décima posição.

Neste meio tempo, o Flamengo ainda disputa a Copa do Brasil, onde está classificado para as semifinais e a Libertadores, que mesmo em situação complicada, segue vivo. No entanto, o time não escolheu priorizar nenhum torneio e justamente a competição menos importante para o torcedor é onde o Rubro-Negro tem mais chances. 

Mauricio Barbieri Flamengo Cruzeiro Libertadores 08082018
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Vale ressaltar que a premiação da Copa do Brasil é a maior dos três torneios, com  milhões de reais e podendo ultrapassar este número somando classificações e bilheteria. Mas muito mais que o dinheiro, já que financeiramente o time está bem estruturado, a volta dos títulos de primeiro escalação são o sonho do torcedor, que neste momomento se vê um pouco desiludindo. 

É lógico que vale mencionar as perdas sofridas na janela, mas pelo menos duas delas, Vinicius Júnior e Felipe Vizeu, eram sábidas há tempos. O primeiro, pouco mais de um ano, e o segundo desde o início da temporada. No mais, esse não é e nem foi o principal problema para a queda de rendimento do Flamengo e Barbieri vai precisar quebrar a cabeça para recuperar a equipe no Brasileirão.

Agora, o time encara uma boa sequência, onde deve somar o máximo de pontos possíveis. Abre o turno diante do Vitória, dentro de casa, na próxima quinta-feira(23), no Maracanã. Depois, vai a Minas para duelar com o América-MG, nos dois jogos antes da grande decisão diante do Cruzeiro, pela Copa Libertadores da América. 

Fechar