Flamengo 2018 faz história na Libertadores com derrota em casa para o Cruzeiro

Comentários()
Em jogos como mandante no mata-mata do torneio continental, o Rubro-Negro jamais havia sido derrotado por margem tão grande

Header Tauan Ambrosio

A situação do Flamengo não é nada fácil na Libertadores da América, após a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, dentro do Maracanã, no jogo de ida das oitavas de final.

Em todas as suas 13 participações anteriores no torneio continental, jamais o Clube da Gávea havia sido derrotado dentro de casa por uma margem tão grande em jogos de ida no mata-mata.

Para conseguir a classificação, e chegar às quartas de final, a equipe treinada por Maurício Barbieri precisa vencer fazer ao menos três gols – ou ganhar por 2 a 0 e levar a melhor nos pênaltis – em jogo marcado para o próximo dia 29, no Mineirão.

Segue vivo, mas a campanha como visitante nesta Libertadores não anima. Apenas contra o Emelec, na fase de grupos, o Rubro-Negro fez pelo menos dois gols. Ambos foram anotados por Vinícius Júnior, atualmente no Real Madrid, em vitória que terminou com resultado por 2 a 1 – que seria insuficiente para avançar contra o Cruzeiro.

Para seguir no sonho do título continental que não vem desde 1981, o Flamengo de Diego, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e tantos outros terá que fazer história em Belo Horizonte.

Próximo artigo:
Quantos gols Lionel Messi marcou na carreira?
Próximo artigo:
Brasileirão 2018: Classificação completa e evolução a cada rodada
Próximo artigo:
Os jogadores de Boca e River que vão perder a finalíssima da Libertadores
Próximo artigo:
"Conheço as desculpas de Dembélé quando ele se atrasa", corneta Deschamps
Próximo artigo:
Ancelotti reclama de insultos nos estádios da Itália: "Estamos atrasados"
Fechar