Favoritos, histórico e estatísticas: a análise das oitavas de final da Champions League

Comentários()
Getty Images
Confira tudo o que você precisa saber sobre os confrontos do mata-mata da principal competição de clubes do planeta

Os oitavas de final da Uefa Champions League começam nesta terça-feira (11). Confira os duelos e a análise de cada embate do mata-mata.

JUVENTUS X TOTTENHAM - Terça (13), 17h45 (de Brasília)

Como não poderia ser diferente, os duelos entre Barcelona e Chelsea e PSG e Real Madrid chamam muita atenção e atraem os holofotes. No entanto, Juventus x Tottenham é um excelente e interessante confronto das oitavas de final da Champions League.

A Vecchia Signora é a atual vice-campeã da competição, enquanto os Spurs tiveram a melhor campanha da fase de grupos, passando em primeiro na chave que tinha o bicampeão Real Madrid e também o Borussia Dortmund, uma das grandes decepções da temporada europeia até aqui..

Buffon, Dybala - Juventus
(Foto: Getty Images)

O Tottenham, por sua vez, brilhou na UCL depois de decepcionar em suas últimas participações, quando sequer passou da fase de grupos. No entanto, a campanha na Premier League não acompanha o brilho continental, com o time de Pochettino ocupando apenas o sexto lugar na Inglaterra.

O duelo promete. A Juventus tem uma excelente equipe e muito talento, deve crescer e chegar mais forte na reta final e decisiva da temporada. Não à toa, tem dominado a Itália e feito grandes campanhas na Champions, com dois vices nos últimos três anos. Já o Tottenham também tem um ótimo treinador e uma equipe de enorme qualidade, e aposta suas fichas no ataque.

Kane, Eriksen, Lamela, Tottenham(Foto: Getty Images)

Son, Dele Alli e Christian Eriksen estão jogando demais, mas a grande estrela, como não poderia ser diferente, é Harry Kane.

Os esquadrões praticam um futebol de muita qualidade técnica e bonito de se ver. A Juve tem mais tradição, mas os Spurs chegam com moral e a Vecchia Signora foi eliminada em seus últimos cinco confrontos contra ingleses na UCL. Tudo pode acontecer e o duelo promete.

 

BASEL X MANCHESTER CITY - Terça (13), 17h45 (de Brasília)

Ao contrário do confronto anterior, existe um favorito claro neste embate.

O Basel surpreendeu na fase de grupos, deixando Benfica e CSKA Moscow para trás e avançando junto com o Manchester United. Além disso, os suíços costumam complicar a vida dos ingleses.

Em 14 confrontos contra equipes da Premier League na Champions, o Basel só perdeu quatro vezes, vencendo cinco e empatando outros cinco. Ainda vale lembrar que, na temporada 2011/12, deixou o Manchester United para trás na fase de grupos, mandando os Red Devils de Alex Ferguson para a Liga Europa. O clube que tem Roger Federer como torcedor ilustre também já castigou o Liverpool.

No entanto, o Basel eliminar o fortíssimo Manchester City de Pep Guardiola é algo improvável. Os Citziens vivem uma temporada imparável e são virtuais campeões da Premier League

Manchester City celebrates(Foto: Michael Steele/Getty Images)

A campanha na fase de grupos da Champions foi impressionante, com cinco vitórias e um revés.

 

PORTO X LIVERPOOL - Quarta (14) - 17h45 (de Brasília)

Outro confronto bem interessante. O Liverpool é favorito, mas o Porto pode surpreender os ingleses.

Os Dragões avançaram em um grupo difícil na UCL, deixando Monaco e RB Leipzig para trás. O time ainda tem bons e talentosos jogadores como Óliver Torres, Héctor Herrera, Brahimi e Aboubakar, tendo meio-campo e ataque muito qualificados.

O Liverpool, porém, é o favorito. De volta ao mata-mata da Champions League após nove anos ausente, tem mais qualidade técnica e jogadores capazes de desequilibrar. Invictos há oito partidas na UCL, os Reds marcaram 23 gols na fase de grupos, tendo o segundo melhor ataque deste estágio da competição, atrás apenas dos 25 tentos do PSG, e fazendo história, com o melhor desempenho ofensivo de um clube inglês nesta fase do torneio em toda a história.

Firmino Salah(Foto:Getty Images)

Os Reds possuem mais talento, tradição, qualidade técnica e são superiores. A equipe de Jürgen Klopp tem tudo para avançar às quartas de final. No entanto, existe uma complicação. Além do bom time do Porto, com um setor ofensivo perigoso, o Liverpool tem complicado jogos que pareciam fáceis ao longo desta temporada e a defesa está longe de transmitir segurança, falhando com frequência. Os ingleses são favoritos, mas não se surpreenda caso os Dragões avancem.

 

SEVILLA X MANCHESTER UNITED - Quarta (21) - 16h45 (de Brasília)

Ibrahimovic, Lukaku, Martial, Rashford, Pogba... O Manchester United tem muitos jogadores talentosos e um ataque temido, mas a grande virtude do time de José Mourinho tem sido a solidez defensiva. Os Red Devils, afinal, possuem a segunda melhor defesa da Champions e a melhor da Premier League ao lado do rival City. Por outro lado, o esquadrão vermelho muitas vezes é pragmático demais e não usa todo o talento que possui, o que atrapalha, como ocorreu no dérbi deste fim de semana, na derrota em casa para os Cityzens.

No entanto, isso não deve ser um grande problema contra o Sevilla. Os Rojiblancos possuem bons jogadores e um time interessante, mas não conseguem empolgar e alternam altos e baixos na temporada. A equipe não convenceu na fase de grupos da UCL e ocupa o quinto lugar de La Liga. O Manchester United é superior em todos os sentidos e favorito no confronto.

 

REAL MADRID X PSG - Quarta (14) - 17h45 (de Brasília)

O grande confronto das oitavas de final, que promete demais.

O Real Madrid não vive sua melhor temporada e avançou no segundo lugar de seu grupo na Champions League. Assim como os resultados, o nível de atuação também não é dos melhores e o desempenho é decepcionante.

Do outro lado, o PSG liderou seu grupo na UCL. Perdeu para o Bayern de Munique na Alemanha, mas ganhou em Paris, e vai caminhando para recuperar a hegemonia na França, liderando a Ligue 1 com tranquilidade. Neymar, Cavani e Mbappé estão jogando demais, no meio-campo, Verratti segue desfilando seu talento, e Dani Alves e Kurzawa estão voando nas laterais. Isso fora excelentes opções como Draxler, Di María e Lo Celso no banco.

Não à toa, o time quebrou o recorde de gols da história do estágio anterior da Champions, com 25 bolas nas redes, sendo 16 do trio MCN. Mbappé, aliás, está sensacional e, com 18 anos e 11 meses, é o jogador mais jovem a anotar 10 tentos na competição europeia.

Mbappe Neymar Cavani 2017

A diferença dos rivais na temporada, porém, não significa favoritismo para os franceses. 

O Real Madrid, além disso, tem muita qualidade técnica e jogadores capazes de decidir, e cresce nos grandes jogos e momentos decisivos, especialmente na Champions League, como provou nas últimas temporadas. A camisa também pesa e, não à toa, é o atual bicampeão europeu. Como duvidar de CR7, Benzema, Isco, Modric, Kroos, Casemiro, Marcelo e companhia?

Tudo pode acontecer no duelo, mas vejo o Real como favorito não apenas por todos os fatos citados, mas também porque o PSG, apesar de muito talento, ainda não conseguiu encontrar sua melhor formação e o equilíbrio do time. Falta entrosamento. E falhas, contra o Real Madrid, ainda mais em mata-mata de Champions League, podem ser fatais. O PSG pegou o pior adversário que poderia nas oitavas de final.

Cristiano Ronaldo Real Madrid Sevilla 091217(Fotos: Getty Images)

No entanto, é claro, tem totais condições de avançar. A equipe tem muito talento, especialmente ofensivo, e quer provar que pode dar o próximo passo na Europa eliminando o Real Madrid. Além disso, existe a motivação extra depois do mico na última temporada contra o Barcelona, no mesmo estágio da competição.

 

SHAKHTAR DONETSK X ROMA - Quarta (21) - 16h45 (de Brasília)

O duelo das surpresas da fase de grupos. O Shakhtar deixou o Napoli para trás, enquanto a Roma eliminou o Atlético de Madrid e deixou o Chelsea no segundo lugar de sua chave, liderando um grupo complicadíssimo. Dois dos melhores times da Europa, com ótimos desempenhos nos últimos anos e, no caso dos Partenopei, com um dos jogos mais bonitos do Velho Continente na atualidade, foram surpreendidos.

A equipe do Leste Europeu, como sempre, tem brasileiros como principais nomes, sendo Bernard e Marlos (naturalizado ucraniano) as bolas da vez. Os dois jogaram demais na fase de grupos e querem brilhar no mata-mata. A Roma, porém, é favorita no duelo.

O time do técnico Eusebio Di Francesco tem mais qualidade técnica, jogadores capazes de definir e equilíbrio. Uma das melhores defesas da fase de grupos da UCL, os Giallorossi possuem a melhor retaguarda da Itália ao lado de Internazionale e Napoli, superando até mesmo a Juventus. Além disso, a equipe da capital tem um meio-campo talentoso com Nainggolan, Strootman e De Rossi, fora bons nomes como o brasileiro Gerson, e um trio ofensivo muito perigoso e goleador com Perotti, El Shaarawy e Dzeko.

Em seu primeiro ano sem o lendário Francesco Totti, a Roma tem tudo para voltar às quartas de final da Champions League. No entanto, é bom ter atenção. O Shakhtar também tem qualidade e surpreendeu, e pode muito bem conseguir um novo avanço. Além disso, no embate anterior entre os times, os ucranianos levaram a melhor, eliminando os italianos nas oitavas de final em 2011. Naquela ocasião, quem brilhou foi Willian, hoje meia do Chelsea e da Seleção Brasileira.

 

CHELSEA X BARCELONA - Terça (20) - 16h45 (de Brasília)

Outro jogaço das oitavas de final, o duelo entre ingleses e espanhóis promete demais. É o sexto embate entre as equipes no mata-mata da competição. O Barça geralmente leva a melhor, mas os Blues também possuem boas lembranças. Uma delas, aliás, é doída para os Blaugranas.

O Barça levou a melhor em seis dos últimos sete confrontos contra ingleses na Champions.  A única vez em que foi eliminado, foi justamente pelo Chelsea, na semifinal de 2011/12. Outro ponto negativo é que Lionel Messi não marcou gols em oito partidas contra os Blues de Londres, e isso mesmo finalizando 29 vezes.

Por outro lado, nenhum dos dois times vive uma fase dos sonhos. O Chelsea avançou no segundo lugar de seu grupo, ficando atrás da Roma. O futebol apresentado não tem sido dos melhores, com muitos dos destaques da equipe de Antonio Conte devendo. Além disso, a defesa que tanto brilhou na última temporada não repete o desempenho em 2017/18.

Lionel Messi Barcelona(Foto: Jose Jordan)

Já o Barcelona vive algo incomum nos últimos anos. A defesa catalã é a melhor da Europa. Sofreu apenas um gol na fase de grupos da Champions e somente sete em La Liga. Por outro lado, se na Espanha o Barça tem o melhor ataque do país, na Europa, o desempenho não é o mesmo.

 A volta de Dembélé é muito aguardada para o time crescer ofensivamente e ter desempenhos semelhantes ao da partida contra a Juventus, quando o Barça venceu por 3 a 0 dando show no Camp Nou e com seu camisa 10 e o francês absurdos, com mais frequência.

HD Ousmane Dembele Barcelona(Foto: Alex Caparros)

No entanto, mesmo com o retorno do francês, o clube precisa de muito mais.

O Barça tem conseguido os resultados que precisa, avançou em primeiro lugar no seu grupo na Champions e lidera La Liga com folga, mas não convence e sofre com frequência. O desempenho tem sido decepcionante. É preciso muito mais.

O duelo promete muito e o Barça tem leve favoritismo, mas tudo pode acontecer e, até fevereiro, muita coisa pode mudar e transformar a análise do confronto.

 

BAYERN DE MUNIQUE X BESIKTAS - Terça (20) - 16h45 (de Brasília)

Como Basel x Manchester City, o favorito aqui está bem definido. O Besiktas foi o líder de um grupo difícil com Porto, RB Leipzig e Monaco, e possui um bom time, com jogadores experientes, mas está muito abaixo do Bayern de Munique em todos os sentidos.

Os Bávaros começaram a temporada com problemas e Carlo Ancelotti sendo muito questionado até mesmo internamente. Com a saída do italiano e o retorno de Jupp Heynckes, porém, as coisas mudaram. O time que foi derrotado tendo uma atuação pífia contra o PSG na França, bateu o rival na Allianz Arena com propriedade e saiu de uma campanha decepcionante para a liderança na Bundesliga.

Além dos resultados, o desempenho também melhorou consideravelmente, mesmo com os desfalques, e todos conhecem as estrelas e o poderio do Bayern, tanto individualmente quanto coletivamente. O Bayern é favorito no confronto e chegará forte na luta pelo título.

Fechar