Notícias Placares ao vivo
Arsenal

Após título, Wenger faz mistério sobre o seu futuro no Arsenal e Ramsey pede a permanência do francês

18:22 BRT 27/05/2017
Arsene Wenger Alexis Sanchez Arsenal Chelsea FA Cup final
Com vínculo até o final desta temporada, o treinador que está há 21 anos no Emirates Stadium evitou dar notícias sobre o futuro

Nenhum outro time conquistou mais vezes a FA Cup [Copa da Inglaterra] do que o Arsenal: 13. Com a conquista deste sábado (27), após vitória por 2 a 1 sobre o Chelsea, os Gunners ultrapassaram o número de conquistas do Manchester United na prova mais antiga do futebol. Um triunfo necessário para terminar a temporada por cima.

Afinal de contas, pela primeira vez desde os últimos 20 anos, o alvirrubro londrino não conseguiu garantir a sua vaga na Champions League. Por isso, além da eliminação com goleada sofrida para o Bayern na competição europeia, as críticas em cima do técnico Arséne Wenger ficaram maiores do que nunca.

Entretanto, o título conquistado neste sábado (27) aliviou as críticas sobre Wenger. O francês, que chegou à sua sétima conquista na FA Cup e tornou-se o treinador mais vitorioso do certame, vai decidir na próxima semana o seu futuro no clube. Em meio às comemorações, ele não revelou qual será o seu destino.

'Rei' da FA Cup, Wenger comemora com os jogadores (Foto: Getty Images)

“Eu sempre fui muito claro. Nós teremos uma reunião na terça-feira (30), então acho que as coisas vão ficar mais claras na quarta (31)”, disse o homem que há 21 anos comanda o clube londrino. “Acho que nós fomos excelentes desde o primeiro minuto. Deu para perceber que o time sofreu, mas estamos unidos. Nós respondemos”.


VEJA TAMBÉM:


“Mostramos força, unidade e jogamos um futebol espetacular. Eu disse antes que este time vai ganhar o campeonato com um ou dois reforços”, garantiu o francês. Se depender de Aaron Ramsey, autor do gol do título, Wenger vai seguir no Emirates Stadium. O galês exaltou a mudança tática, com a escalação de três zagueiros.

Aaron Ramsey, o herói do título (Foto: Getty Images)

“É claro que eu acho que ele vai ficar”, afirmou à BBC Sport. “Ele tem sido fantástico para mim e para os jogadores. Nós mudamos a nossa formação e tivemos muito sucesso (...) Espero que ele siga aqui na próxima temporada, devemos muito a ele”.

Ramsey também aproveitou para exaltar o bom final de ano, em uma temporada complicada, e elogiou o cruzamento feito por Olivier Giroud, antes do galês cabecear no fundo das redes: “Tem sido um ano de altos e baixos, mas terminar com uma FA Cup tem que ser considerado um sucesso. Eu amo essa competição e amo jogar aqui. Nós merecemos e eu estou feliz pelos meninos (...) Oli [Giroud] sabia que eu estaria ali. Ele me serviu de bandeja para eu fazer o gol da vitória”.

O Arsenal é o maior campeão da FA Cup (Foto: Getty Images)

Já o atacante Welbeck elogiou a capacidade de recuperação dos Gunners, já que o segundo gol veio logo depois de Diego Costa igualar o marcador para um Chelsea com jogador a menos – já que Victor Moses foi expulso de campo.

“Foi uma grande exibição, é óbvio”, disse para a BBC Sport. “Mantivemos a tranquilidade quando pareceu que as coisas estavam contra nós. Você sempre se preocupa quando o Chelsea consegue o empate, e foi uma partida cheia de surpresas. Mas nós cavamos fundo e o Rambo [apelido de Ramsey] conseguiu o gol da vitória e mais uma vez nós ganhamos a FA Cup”.