Em noite de CR7 e Icardi irreconhecíveis, Mandzukic rouba a cena na estreia da DAZN no Brasil

Comentários()
Getty Images
O croata fez o único gol na vitória por 1 a 0 da Juventus sobre a Inter de Milão, que aumentou ainda mais a vantagem dos Bianconeri na liderança

Header Tauan Ambrosio

Antes de a bola rolar no ‘Derby D’Italia’ entre Juventus e Internazionale de Milão, pela 15ª rodada da Serie A italiana e que contou com transmissão aberta da DAZN no Facebook e YouTube, a expectativa era de muitos gols. Afinal de contas, seria também o embate de dois dos principais artilheiros do futebol atual.

Entretanto, Cristiano Ronaldo e Mauro Icardi decepcionaram. Estiveram abaixo de suas respectivas médias e quem decidiu foi Mario Mandzukic, autor do único gol na vitória por 1 a 0 da Juve, um herói que só não é improvável pela regularidade com a qual é decisivo.

A Juventus até teve um bom volume de jogo no primeiro tempo, mas não conseguia encontrar as melhores condições para finalizar e se preocupava com os contra-ataques da Internazionale. Extremamente disputada no meio-campo, o que também acabou ‘puxando para trás’ os atacantes (ainda que Icardi tenha feito um excelente pivô para Gagliardini acertar a trave), a etapa inicial terminou sem gols.

Foi então que, aos 66 minutos, no início do segundo tempo, Mario Mandzukic voltou a demonstrar a excelente fase goleadora vivida nesta temporada 2018-19. O croata aproveitou cruzamento do lateral-esquerdo João Cancelo, que passou direto por CR7, e cabeceou para o fundo das redes defendidas por Handanovic.

Foi o oitavo gol do camisa 17 na temporada. Com o resultado favorável e sem ver uma Internazionale agressiva em busca do empate, a equipe treinada por Massimiliano Allegri conseguiu segurar o ímpeto dos rivais – que, no segundo tempo, não conseguiu acertar uma finalização até o apito final.

Cristiano Ronaldo Icardi Juventus Inter Serie ACR7 e Icardi tiveram seus piores desempenhos ofensivos na Serie A 18-19 (Foto: Getty Images)

Grandes astros no duelo, Cristiano Ronaldo e Mauro Icardi tiveram os seus piores desempenhos ofensivos após estas 15 rodadas na Serie A italiana: o argentino não finalizou nenhuma vez, enquanto o camisa 7 da Juve arriscou quatro vezes (o seu pior número até aqui, igualando a marca que teve na sexta rodada, contra o Bologna) e acertou apenas uma na direção do arqueiro Handanovic.

Coube a Mandzukic (que no 4-3-3 da Juve atua com grande movimentação, no geral trocando de posição com CR7 entre a ponta-esquerda e a referência de ataque) fazer o papel que ele sabe muito bem: aparecer como um coadjuvante decisivo. No final das contas, apesar da ‘Velha Senhora’ não ter feito a melhor de suas exibições no Allianz Stadium, ter acertado o fundo das redes na única finalização certa em todo o segundo tempo foi o que decidiu.

O resultado deixa a Juventus com vantagem ainda maior na ponta da tabela. Única equipe sem derrotas até aqui, os Bianconeri chegaram a 43 pontos (11 de diferença em relação ao vice-líder Napoli, que ainda joga nesta 15ª rodada). Mas desta vez o triunfo não veio graças à participação decisiva de CR7, que vê em seu companheiro de ataque – e coadjuvante de luxo – uma alternativa de força, tática...e gols!

Próximo artigo:
Quais times se classificaram para as oitavas da Champions League 2018/19?
Próximo artigo:
Quantos gols Cristiano Ronaldo tem na carreira?
Próximo artigo:
Pogba quer renovar com o Manchester United, afirma jornal
Próximo artigo:
Mercado de transferências: Os últimos rumores de Barcelona, Real Madrid, PSG e todos os grandes clubes
Próximo artigo:
Ninho do Urubu: Flamengo 2019 tem elenco superior ao ano passado, mas ainda carente; veja a avaliação
Fechar