Em momento crucial na temporada, elenco do Flamengo falha e contradiz discurso da diretoria

Comentários()
Apesar de numeroso, plantel não conseguiu fazer a diferença quando foi preciso; agora tem 11 jogos para buscar o título do Brasileirão

Um dos maiores problemas do Flamengo nesta reta final de temporada é que alguns jogadores caíram muito de produção e outros não rendem o esperado. Por isso, o discurso vendido pela diretoria no início do ano de que o Rubro-Negro tinha um dos melhores elencos do Brasil não se confirmou na prática.

Foi somente perder nomes como Vinicius Júnior, Felipe Vizeu e até Jonas que a equipe ficou bastante fragilizada e apesar da chegada de alguns jogadores como Vitinho e Uribe, o Rubro-Negro não consegue confirmar esta tese. 

Vinicius Junior Bremer Atletico-MG Flamengo Brasileirao Serie A 26052018
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Ela piora quando se abrange para as laterais, por exemplo, nenhum das quatro opções conseguem ser unanimidade. Pelo lado direito, Pará e Rodinei se revezam entre os mais criticados, na esquerda, Renê e Trauco também não conseguem assumir de vez a posição. 

O ataque se tornou um grande problema, Henrique Dourado, Lincoln e Uribe são as opções. O primeiro, na teoria é o mais indicado para a titularidade, mas a seca de gols fez com que Barbieri optasse para um revezamento no setor, mas nem o colombiano nem a prata da casa conseguiram convencer. 

Desde que chegou, Dorival vem fazendo testes durante os treinamentos e tem se decepcionado com o momento tanto de Uribe quanto do jovem Lincoln. No meio-campo, o treinador ganhou alguns problemas, Diego e Lucas Paquetá podem ser desfalques contra o Corinthians, sem eles fica difícil um substituto. Piris da Motta e Arão podem ser os nomes escolhidos. 

Lucas Paquetá Flamengo 17 08 19
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Para completar, o treinador também pode ter a baixa de Vitinho, que saiu lesionado e passará por exames para saber a gravidade da situação. Se os jogadores que estavam entrando em campo não estão resolvendo, as opções como Geuvânio e Rômulo até agora não mostraram a que veio. 

O primeiro já trabalhou com Dorival, inclusive viveu o melhor momento de sua carreira sob o comando do treinador, o segundo, ao que parece, só está esperando o ano acabar para deixar o Flamengo. É praticamente impossível que siga no elenco para a próxima temporada. 

No momento em que precisava fazer mudanças importantes e acirrar a briga pela titularidade entre os jogadores, Barbieri não conseguiu, justamente pelo elenco desequilibrado do Flamengo. Agora, cabe a Dorival Júnior buscar soluções nesses dois meses que lhe restam pela frente. 

Fechar