Em autobigrafia, Griezmann revela espera por proposta do Arsenal em 2013, mas ela não veio

Comentários()
Getty
Meses depois, Gunners voltaram a procurar pelo francês, que recusou ouvir a proposta

O atacante Antoine Griezmann lançou sua autobiografia "Benhind the Smile" (Atrás do sorriso) recentemente e, no livro, revelou que esteve muito perto de acertar com o Arsenal em 2013, quando ainda era jogador da Real Sociedad.

O francês foi informado que Arsene Wenger tinha vontade de contratá-lo, mas acabou esperando e, depois, desistiu da ideia.

"Eu esperei, esperei e continuei esperando. Enquanto não haviam mais notícias, Eric (empresário do jogador) falou com Grimandi (olheiro do Arsenal), que disse que o treinador ainda queria me contratar e que eu deveria continuar esperando. Finalmente, algumas horas depois do fechamento da janela de transferências, ele disse que o Arsenal não iria tentar contratá-lo. Eu não gosto que me contem algo que não vai acontecer", contou Griezmann.

Antoine Griezmann Atletico Madrid
(Foto: Getty Images)

A história continuou meses depois, com os Gunners voltando a mostrar interesse eu seu futebol, mas desta vez, Griezmann foi quem recusou.

"Quando o Eric me disse que o clube londrino estava interessado em mim novamente, eu disse: 'Esqueça isso. Depois do que aconteceu, esqueça'".

Então, Griezmann se transferiu para o Atlético de Madrid no ano seguinte, onde se tornou um dos principais nomes de destaque no futebol mundial, e o maior destaque dos Colchoneros. Pelo clube espanhol, o francês já participou de 176 jogos e marcou 89 gols.

Fechar