"É difícil encontrar um treinador melhor do que Guardiola", reconhece Emery

Comentários()
Getty Images
Treinadores se enfrentam desde 2008 quando Pep comandada o Barcelona e Emery o Valencia

Manchester City e Arsenal se enfrentam neste domingo (03), em partida da Premier League 2018-19. Mas antes dos times entrarem em campo, o treinador do Arsenal, Unai Emery, aproveitou a ocasião para elogiar Pep Guardiola, rival de longa data.

Em uma entrevista coletiva antes do clássico, Emery destacou a admiração pelo espanhol, e enfatizou Pep como um dos melhores treinadores do mundo: "Analisei muitas equipes e treinadores e acho difícil encontrar um técnico melhor do que o Guardiola. Sua carreira é uma carreira muito grande. Nós começamos juntos. Ele começou com o segundo time do Barcelona, ​​eu comecei com Lorca e Almeria”.

“Eu aprendi muito olhando para o time dele. É bom olhar um para o outro quando somos treinadores para aprender coisas diferentes entre nós. Eu acho que em sua carreira ele está fazendo melhor do que todos os treinadores do mundo”, disse.

Pep Guardiola comandou tradicionais equipes da Europa como Barcelona, Bayern de Munique e, atualmente, o Manchester City, e Emery, notou a evolução do companheiro de profissão ao longo dos anos.

Pep Guardiola, Man City
(Foto: Getty Images)

"Ele teve a possibilidade de levar os melhores jogadores do Barcelona, ​​do Bayern e do City, pouco a pouco. Ele está, a cada ano, melhorando com grandes jogadores e também oferecendo muito para alguns jogadores. Mas ele os liderou, em Barcelona, ​​Bayern e City. Isso, para mim, é a qualidade que me faz dizer que ele é o melhor".

Enquanto o time de Guardiola pode se orgulhar por ter vencido a Premier League passada conquistando mais de 100 pontos, Emery usa o elenco campeão da edição anterior como inspiração para o Arsenal entrar em campo no clássico.

Mais artigos abaixo

Por sua vez, o Arsenal não contratou nenhum atleta na janela de transferência de inverno. Como já destacado por Emery, o time estaria com as finanças “limitadas”.

 “Talvez o Manchester City seja um exemplo diferente, porque eles compraram jogadores muito importante, pagando muito e talvez não possamos fazer isso agora. Mas também podemos fazer uma maneira semelhante ao Liverpool, semelhante ao Tottenham, fazendo mais com jogadores jovens. E nós estamos fazendo isso”.

Em quarto lugar na Premier League, com 47 pontos ganhos, o Arsenal soma nove pontos de diferença do City, em terceiro na tabela.

Fechar