Dorival elogia torcida, comemora vitória, mas mantém “alerta ligado”

Comentários()
Alexandre Schneider/Getty Images
Treinador analisou atuação da equipe e se emocionou com carinho dos ex-companheiros

O técnico Dorival Júnior saiu do Pacaembu feliz com a atuação da equipe na vitória por 2 a 1 sobre o Santos, neste sábado, pela 31º rodada do Campeonato Brasileiro, mas fez questão de dizer que é preciso manter o alerta ligado o tempo inteiro

“O São Paulo foi muito forte na sua marcação, no seu posicionamento porque não abrimos mão do ataque, pela agressividade que tivemos no combate nos setores em que o Santos iniciava as jogadas. É só olharmos as penetrações do Santos, nenhuma. E é uma equipe especialista em triangulações, um histórico que tivemos lá por dois anos e ficou. É basicamente a mesma equipe que vinha atuando comigo”, afirmou.

Essa semana, vai ser alerta o tempo inteiro, porque a gente teve possibilidades e agora finalmente fizemos dois grandes jogos, contra Flamengo e Santos... O campeonato não acaba aqui, porque a gente vai precisar lutar até a última partida. Temos que ter essa dignidade e vamos falar disso a semana inteira. Nosso passivo é muito alto ainda”, acrescentou.

Dorival também ainda se emocionou ao comentar o carinho dos jogadores do Peixe. Antes da partida, todos foram abraçá-lo. O comandante foi demitido do Peixe em junho.

“Conviver com um fato como esse, de ter todos os jogadores (do Santos) vindo ao banco de reservas... esperava por uma troca, que é normal, mas aquilo me pegou de surpresa, me emocionou muito. Mostrou que os dois anos valeram a pena, e a demonstração de carinho vai ficar marcado para o resto da vida. Melhor do que muitas conquistas que tive na vida e não tiveram impacto como a atitude dos jogadores do Santos hoje. Agradeço, porque o que tivemos nestes dois anos foi muito respeito, troca e algumas conquistas importantes, além do crescimento individual de jogadores que estavam em campo hoje”, finalizou.

Fechar