Dirigentes do PSG estariam em pânico com silêncio de Neymar, que foca tudo na Copa

Comentários()
Getty
A expectativa do clube era ver o craque da Seleção em campo já no final desta temporada

O processo de recuperação da cirurgia realizada no quinto metatarso do pé direito de Neymar, após lesão sofrida no final de fevereiro, não teve o fechamento que o Paris Saint-Germain gostaria.

Segundo reportagem publicada no El País, os médicos e preparadores físicos do PSG consideravam a possibilidade de o brasileiro entrar em campo para as últimas duas partidas do time nesta temporada. Entretanto, o staff do clube se decepcionou com a falta de interesse demonstrada pelo camisa 10.

A reportagem segue, dizendo que um funcionário do PSG apontou que o planejamento de Neymar foi pensado única e exclusivamente para estar em absolutas condições de entrar em campo na estreia do Brasil na Copa do Mundo, dia 17 de junho, contra a Suíça.

O espanto e desânimo dos dirigentes, incluindo o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, está no silêncio do craque ao ser perguntado sobre o tema. Apesar das insistências por declarações que tranquilizem os torcedores parisienses, em meio às fortes especulações que ligam o meia-atacante a Real Madrid e Manchester United, a única coisa que Neymar fez teve um cunho muito mais empresarial: um post divulgando o novo uniforme do Paris Saint-Germain, produzido pela Nike – justamente a sua patrocinadora.

Neymar PSG Ligue 1 Best Player Award 13052018Neymar foi eleito o melhor jogador da Ligue 1 francesa (Foto: Getty Images)

Mas enquanto a postura do craque impressiona e deixa os dirigentes do PSG boquiabertos, e desesperados ao verem tal postura do atleta que foi contratado para ser o rosto de uma guinada de sucesso, os advogados da instituição já se preparam pensando no pior. Uma fonte ligada ao clube, por exemplo, afirma que se o camisa 10 insistir em sair antes de 1º de setembro, o preço inicial das negociações pode chegar na casa dos € 370 milhões – cerca de R$ 1,417 bilhão.

Próximo artigo:
De Jong é o herdeiro de Xavi e Iniesta no Barcelona
Próximo artigo:
Diretor do Corinthians diz que "acha quase impossível" o retorno de Romarinho
Próximo artigo:
Sorteio da Copa América 2019: onde, quando será e como funciona?
Próximo artigo:
Chelsea x Tottenham: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quinta-feira, 24 de janeiro
Fechar