Diretor do serviço de buscas demonstra pessimismo ao ser questionado se há chance de sobreviventes em acidente com avião de Sala

Comentários()
Getty Images
John Fitzgerald acredita que ninguém sobreviveu e afirma que o avião simplesmente desapareceu

Para o diretor do serviço do Channel Islands Air Search (serviço de busca e salvamento de resposta rápida), John Fitzgerald, não devem existir sobreviventes no caso do desaparecimento do avião em que estava o jogador argentino Emiliano Sala.

Fitzgerald disse à AP que "não espera que alguém esteja vivo". "Nós não sabemos como desapareceu. O avião simplesmente sumiu. Não existe conversa por rádio", informou.

Ex-Nantes, Sala tinha sido contratado pelo Cardiff por 15,3 milhões de libras (cerca de R$ 73 mi) e deveria ter chegado na cidade na noite desta segunda-feira (21), mas o avião que lhe levava de Nantes para Cardiff desapareceu enquanto sobrevoava o Canal da Mancha.

Ainda não existem notícias concretas sobre o aconteceu. O avião em que Sala estava desapareceu na última noite e as buscas continuam.

Fechar