Deyverson furou regra de quarentena, mas escapou de multa na Espanha

Atacante do Getafe, o ex-Palmeiras quase levou uma multa de 600 euros por sair de casa com sua noiva

O comportamento de Deyverson chamou muito a atenção durante sua passagem pelo Palmeiras. Sempre agitado e nada quieto, esse jeito do atacante quase o levou a tomar uma multa pesada na Espanha. O motivo foi o descumprimento da quarentena.

Em entrevista ao programa "Terceiro Tempo", da Band, Deyverson e sua noiva, a cantora Brunna Bernardy, contaram o episódio que quase lhes renderam multa de 600 euros (cerca de R$ 3,4 mil).

"Para me manter em casa está bastante complicado. Estou fazendo algumas atividades para não ficar parado, fazendo abdominais. Tomei uma enquadrada (da Polícia) porque não pode ficar na rua, fazer um sprint. Não posso ficar parado, sou hiperativo demais", afirmou o atacante do Getafe.

Brunna deu mais detalhes sobre o episódio com a polícia espanhola, que se passou na última sexta-feira.

"A gente saiu e foi ao mercado, a polícia parou a gente e quase levamos multa de 600 euros. Não pode sair de casal, tem que sair uma pessoa por vez. Aqui eles estão bastante rígidos, a galera não sai de casa por nada. Aqui já está um pouco mais avançado, estamos preocupados", disse a cantora.

Deyverson chegou no Getafe no começo do ano e fez seis jogos pelo clube espanhol antes da paralisação dos campeonatos por conta do coronavírus. Em La Liga, o time ocupa a quinta posição e também está na briga pela Liga Europa. O time é o rival da Inter de Milão nas oitavas de final.

O coronavírus é um sério problema na Espanha. O país é o quarto mais afetado pela covid-19 no mundo, com mais de 35 mil casos registrados e 2,7 mil falecimentos, de acordo com a Universidade John Hopkins.

Fechar