Desempenho fora de casa é a maior fraqueza do Palmeiras no Brasileirão 2017

Comentários()
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Equipe alviverde perdeu mais uma fora de casa neste final de semana e tem um aproveitamento muito ruim em relação aos resultados na sua arena

Considerado uma das equipes favoritas ao título e consequentemente ao bicampeonato brasileiro, o Palmeiras vai decepcionando até o momento no Brasileirão 2017. Após a realização de 12 rodadas, o time alviverde é o quinto colocado, com 19 pontos, doze atrás do líder Corinthians que ainda não foi derrotado na competição e será o seu próximo rival nesta quarta-feira.

Com um grande investimento para este ano, contratando diversos jogadores de qualidade, dando uma força para o elenco, a expectativa no Palmeiras era disputar todos os títulos dos campeonatos que participa jogando em alto nível. No entanto, a inconsistência dentro de campo apresentada pela equipe desde o começo do ano já não anima tanto o torcedor alviverde que ainda aguarda ao menos um título importante para 2017.

E a má fase do clube no Campeonato Brasileiro tem uma grande explicação. Após um início fraco, com a troca no comando, com a saída de Eduardo Baptista e o retorno de Cuca, o time conseguiu se recuperar e sair da segunda página da classificação e subir para as primeiras colocações, brigando por uma vaga no G4. Entretanto, a inconsistência do time fora de casa chama a atenção.

Até aqui, o Palmeiras disputou apenas cinco jogos em casa e sete longe do seu torcedor. Apesar de um excelente aproveitamento na sua arena, com quatro vitória e apenas um empate – um aproveitamento de 86,6% dos pontos – fora de casa o desempenho é desolador: cinco derrotas e apenas duas vitórias, um aproveitamento de apenas 28,6%.

A força em casa do time em casa e a dificuldade em fazer resultados positivos longe do Allianz Parque é reforçado nos gols levados pelo time até aqui no Brasileirão. Nas 12 primeiras rodadas o time de Cuca levou 12 gols, sendo que 11 deles foram em jogos fora e apenas 1 diante do torcedor.

Palmeiras Visitante I 10 07 17 I GFX

O ataque também não anima. Alvo de preocupações da diretoria que ainda busca uma solução para a falta de gols dos seus centro-avantes, principalmente pela má fase de Borja, o Palmeiras marcou apenas 16 gols até aqui – uma média um pouco superior de 1 gol por jogo. Destes, nove foram marcados na sua Arena e apenas sete fora, sendo que quatro deles foram marcados no jogo contra o Bahia. Ou seja, nos outros seis jogos fora de casa, o time alviverde balançou a rede em quatro oportunidades.

Outros números ofensivos também chamam a atenção. Dos 16 gols marcados até aqui cinco foram de pênalti e apenas dois foram marcados em finalizações de fora da área. Além disso, o aproveitamento nas finalizações do time alviverde está longe de ser de uma equipe campeã: apenas 40,4%.

Mesmo com um elenco forte e cheio de opções, o Palmeiras não vem conseguindo mostrar a força que se esperava da equipe em 2017. Pelo contrário, a cada dia que se passa as dúvidas sobre a equipe alviverde aumentam cada vez mais. Será que o Palmeiras vai conseguir encontrar o seu jogo e deslanchar até o fim da temporada?

Próximo artigo:
Cruzeiro oficializa saída de atacante Barcos após acordo entre as partes
Próximo artigo:
Cardiff emite nota e diz que está orando por boas notícias sobre argentino Sala
Próximo artigo:
Flamengo ainda busca solução para a zaga e lateral direita e esfria negociação para retorno de Jorge
Próximo artigo:
Toyota Football Stats vai se juntar à comunidade Goal Brasil no Facebook
Próximo artigo:
Boateng é apresentado no Barcelona e diz que Messi é o melhor de todos os planetas
Fechar