Notícias Placares ao vivo
Rússia v Brasil

Descubra mais sobre a Rússia, adversária do Brasil no próximo amistoso

08:11 BRT 21/03/2018
Russia National Team
Seleção russa conta com reforços do próprio Brasil, desfalques de última hora e jogadores de qualidade

A Rússia sediará a Copa do Mundo a partir de 14 de junho. Porém, antes, será adversária do Brasil, em amistoso marcado para próxima sexta (23), às 13h (de Brasília), no estádio Luzhniki, palco da abertura e final do Mundial, em Moscou.

Portanto, hora de saber o que os anfitriões estão reservando para a Seleção Brasilleira de Tite!

COMANDO

O técnico, Stanislav Cherchesov tem experiência com a seleção também como jogador, pois defendeu a seleção da antiga União Soviética e a própria Rússia, entre 2004 e 2016. Ele também esteve à frente dos times da Áustria, Rússia e Polônia.

Cherchesov assumiu o combinado russo em agosto de 2016. O comandante prometeu não fazer mudanças drásticas na equipe, e é o que se pode perceber em relação a alguns pilares da equipe.


(Foto: Getty Images)

DESTAQUES

Jogadores como o goleiro Igor Akinfeev, que conta com mais de 100 partidas pela seleção, e o atacante Fedor Smolov, artilheiro de duas edições do Campeonato Russo, são presenças quase certas para estarem na Copa e pegarem o Brasil. Outro nome notável que pode estar na lista do Mundial é o de Ari, atacante brasileiro que está em processo de obtenção da cidadania russa.

Os destaques da Rússia são o meia Oleg Shatov, jogador do Zenit emprestado ao Krasnodar, que é considerado um dos melhores da geração dele, Mário Fernandes, lateral-direito que recusou a convocação do Brasil e conseguiu se naturalizar em 2016, e Alan Dzagoev, meia ofensivo convocado desde os 18 anos. Ele é reconhecido por ser técnico, habilidoso e que tem poder de definição na frente da área.


Dzagoev é uma das esperanças da Rússia para a Copa (Foto: Getty Images)

AUSÊNCIAS

Os desfalques mais sentidos que Cherchesov terá para o amistoso contra a Seleção Brasileira e, provavelmente, na Copa são os dos defensores Georgi Dzhikiya e Viktor Vasin, defensores titulares que se machucaram e estão em fase de recuperação.  Por sua vez, o atacante Alexander Kokorin, que recuperou a vaga na seleção russa após polêmicas fora de campo, rompeu o ligamento do joelho e foi operado na Itália.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO CONTRA A SELEÇÃO